O ano de 2020 foi para as celebridades nacionais e internacionais sinónimo de dolorosas perdas, mudanças, reviravoltas, tragédias, noivados, casamentos, nascimentos e, claro, muitas polémicas.

Janeiro

A trágica morte de Kobe Bryant e da filha Gianna, de 13 anos

Eis que o ano começa com uma grande perda no mundo do desporto. O jogador de basquetebol Kobe Bryant morre aos 41 anos num trágico acidente de helicóptero que também roubou a vida a uma das suas filhas, Gianna Onore, de 13 anos. Para além do piloto e da jovem, iam mais duas pessoas no meio de transporte que se despenhou. Na altura, soube-se que Kobe e a mulher tinham um acordo relativamente a helicópteros. Nas redes sociais várias celebridades fizeram questão de homenagear pai e filha.

Também neste mês, Adele consegue o 'título' de mudança do ano. A cantora surge muito mais magra (durante um trabalho social) deixando assim chocados os seus fãs. Meses depois, já em maio, a artista mostra pela primeira vez na sua conta de Instagram o seu novo eu, depois de ter perdido mais de 45 quilos!

Ainda neste mês, a fadista Raquel Tavares anuncia que vai abandonar a sua carreira na música. Entretanto passou a dedicar-se à apresentação e representação.

Fevereiro

As confissões mais pessoais de José Castelo Branco e Inês Herédia

Este foi um mês com destaque para o tema da sexualidade, poder-se-á dizer. José Castelo Branco surpreendeu com confissões relativas à sua infância. "Aos 11 anos fui violado, se não tivesse sido, hoje era gay", declarou. Questionado sobre se esta era a sua história, o socialite garantiu que sim. Na altura ainda se especulou acerca de um documentário que estava a produzir, no entanto, nunca mais se ouviu falar do assunto.

Também em fevereiro Inês Herédia dá uma entrevista a Fátima Lopes na qual confessa que a sua "primeira relação homossexual foi aos 18 anos, às escondidas". Vinda de uma família mais conservadora, a atriz revelou que apenas contou a verdade à família aos 24 anos. Atualmente, Inês é casada com Gabriela Sobral e ambas têm dois filhos em comum - os gémeos Luís e Tomás.

Março

Tom Hanks é infetado, Harry e Meghan dizem adeus à realeza e a entrevista a Cláudio Ramos

Tom Hanks e a mulher revelam que foram infetados com o novo coronavírus, durante uma viagem à Austrália. A recuperação corre normalmente e o ator torna-se num rosto ativo na luta contra a pandemia.

No dia 31 de março, Harry e Meghan Markle deixam de fazer parte do núcleo sénior da família real britânica. Neste mês, o príncipe tem uma reunião de quatro horas com a rainha Isabel II, onde foram estabelecidos os últimos pormenores quanto a esta polémica decisão. Entretanto, o casal foi viver para os Estados Unidos, onde continua dedicado aos próprios negócios e causas sociais.

Em março, estivemos ainda à conversa com Cláudio Ramos sobre o maior desafio da sua carreira - a apresentação do 'Big Brother', após ter-se mudado para a TVI em fevereiro. Na altura, o apresentador confessou-se ansioso com o programa por causa de todas as mudanças que a pandemia tinha implicado. Tudo acabou por correr de feição, sendo que numa altura em que a TVI estava a perder, Cláudio conseguiu conquistar a preferência do público e ganhar as audiências.

Abril

A morte de Filipe Duarte e os nascimentos do ano

A 17 de abril, o país despediu-se de um incontornável rosto da ficção nacional. Filipe Duarte morreu aos 46 anos, na sua casa em Cascais, vítima de enfarte do miocárdio. O panorama televisivo e cultural ficou de luto, despertando uma enorme onda de homenagens e notas de pesar nas redes sociais.

Houve, contudo, notícias que deixaram o país de olhos a brilhar. Carolina Patrocínio deu as boas-vindas ao quarto filho, Eduardo, que se juntou assim ao clã dos bebés de 2020. Também Sara Prata, Débora Monteiro e Paula Lobo Antunes aumentaram a família este ano.

Maio

O caso que chocou o país e o fenómeno do 'Bicho'

O mês começou com um controverso crime que deixou o país em estado de choque. Valentina, uma menina de nove anos, foi assassinada no concelho de Peniche pelo pai e pela madrasta. O caso suscitou uma acérrima onda de revolta, nomeadamente entre caras conhecidas. De entre as várias reações, destacou-se a do jornalista da SIC Rodrigo Guedes de Carvalho, que comoveu os espectadores ao comentar o caso no 'Jornal da Noite'.

E para trazer esperança, em pleno Estado de Emergência, nasce 'Como é que o Bicho Mexe?', um dos maiores êxitos de entretenimento nas redes sociais. "Estamos todos juntos nisto", foi o mote dos diretos de Bruno Nogueira, que diariamente, pelas 23 horas, devolveram o sorriso aos portugueses. A última emissão aconteceu a 29 de maio e, de Norte a Sul do país, as casas iluminaram-se com decorações de Natal como forma de festejar a união que se realçou em tempos de pandemia.

Junho

O adeus a Pedro Lima

O dia de 20 de junho amanheceu com a notícia da trágica morte de Pedro Lima, que aos 49 anos colocou fim à vida na Praia do Abano, no Guincho.

O país ficou inconsolável. Centenas de figuras públicas, das artes ao desporto, desfizeram-se em comoventes tributos pelas redes sociais e nas televisões, num luto que dominou a esfera social durante largas semanas.

Paulo Dentinho, primo do ator, escreveu uma carta aberta em jeito de despedida na qual referiu que a estação de televisão para a qual o ator trabalhava queria "descartá-lo". A TVI não tardou em reagir, esclarecendo que mantinha com o artista a melhor das relações.

Pedro Lima deixou a mulher, Anna Westerlund, e cinco filhos - João Francisco, de uma relação passada, e Emma, Mia, Max e Clara, do casamento com a ceramista.

A viúva quebrou o silêncio sobre a morte do ator para desmentir os rumores de que a família enfrentava dificuldades financeiras, que chegou a ser apontado como o motivo que levou Pedro Lima a suicidar-se.

Julho

O regresso de Cristina à TVI e os divórcios do ano

A 17 de julho, o panorama televisivo sofre novo revés. Cristina Ferreira deixa a SIC para, dois anos depois, regressar à "casa mãe": a TVI. Cristina volta como acionista da Media Capital e no cargo de diretora de ficção e entretenimento. Enquanto na TVI se celebrava, a SIC lamentava a saída "abrupta" da apresentadora e dava início a um processo judicial no âmbito da qual exige uma indemnização de 20 milhões de euros.

Ainda no mês de julho, o país ficou sensibilizado quando Carolina Deslandes partilhou publicamente o momento delicado que viveu com o filho mais velho no Oceanário de Lisboa. "Se tiver deficiência não paga", disse a senhora da bilheteira referindo-se a Santiago, de quatro anos, que sofre de transtorno do espectro autista.

Meses depois, a cantora voltaria a ser notícia ao anunciar estar separada de Diogo Clemente, pai dos seus três filhos. A esta separação juntam-se em 2020 a de Mia Rose e Miguel Cristovinho, Marco Costa e Vanessa Martins e Luísa Barbosa e Francisco Beatriz.

Agosto

Os noivados e casamentos que marcaram 2020

O mês de agosto ficou marcado por um pedido de casamento há muito esperado pelos fãs: após, 14 anos de namoro, Ana Guiomar e Diogo Valsassina ficaram noivos. Uma notícia feliz que nos leva a recordar aqueles que deram o passo seguinte e casaram em 2020.

Em Portugal, destaca-se o casamento de Catarina Gouveia e Pedro Melo Guerra, Sara Salgado e Diogo Pereira Coutinho, Pedro Scooby e Cintia Dicker e, mais recentemente, os de Pedro Guedes e Kelly Baron e Rebeca e Élio Gomes.

No âmbito internacional, os noivos do ano foram a princesa Beatrice e Edoardo Mapelli Mozzi, Lily Allene e David Harbour e Scarlett Johansson e Colin Jost.

Setembro

Ellen DeGeneres e 'Big Brother' no centro da polémica

Ellen DeGeneres foi uma das protagonistas de 2020, ainda que pelos piores motivos. A apresentadora foi acusada de "torturar empregados domésticos em casa". As acusações estenderam-se ao nível profissional e foi aberta uma investigação por denúncias de episódios de racismo e intimidação na equipa do 'The Ellen DeGeneres Show'.

A polémica levou Ellen DeGeneres a enfrentar uma das fases mais difíceis da sua carreira e até a fazer um pedido de desculpas público.

Mas não foi esta a única polémica a dar que falar este mês. Em setembro arrancou o novo 'Big Brother - A Revolução'. Teresa Guilherme volta à apresentação num reality show em que logo nas primeiras semanas três concorrentes, Luís, Bruno e André Filipe, foram retirados do jogo devido a questões psicológicas.

Outubro

A grande perda de Chrissy Teigen e John Legend e a despedida de Tony Lemos, dos Santamaria

No que diz respeito a outubro, as notícias que estiveram entre as mais lidas não foram as melhores. Foi neste mês que Chrissy Teigen e John Legend perderam o terceiro filho, devido a complicações sofridas durante a gravidez, momento que foi partilhado de forma muito emotiva. “Vamos amar-te para sempre", disse a modelo na altura em revelou ao mundo o luto que estava a viver. Dias depois, partilhou ainda o relato completo da perda do filho num testemunho único.

Um mês que também ficou marcado pela morte de António Lemos, mais conhecido como Tony Lemos, membro da banda Santamaria e irmão da vocalista do grupo, Filipa Lemos. Tinha 48 anos. Uma perda que deixou Portugal em choque, tendo circulado nas redes sociais diversas homenagens feitas ao músico. Aliás, a banda lançou pouco tempo depois a música 'Amar Querer Acreditar', que foi o último trabalho do artista.

Novembro

A eleição de Joe Biden e o regresso de ‘Como é que o Bicho Mexe?’

Quase na reta final de 2020, as notícias que mais se destacaram foi a eleição de Joe Biden como o 46.º presidente dos Estados Unidos. Logo a após a notícia, a mulher do presidente eleito, a futura primeira-dama Jill Biden, tomou a decisão de conciliar os novos compromissos oficiais com a carreira de professora, continuando a dar aulas de inglês na North Virginia Community College, onde leciona há uma década.

Ainda sobre a eleição nos EUA, outra notícia que esteve entre as mais lidas foi a que dava conta das especulações sobre o pedido de divórcio de Melania a Donald Trump. A separação oficial ainda não aconteceu, mas os rumores não deixam de circular na imprensa internacional.

O mês de novembro ficou também marcado pelo regresso de Bruno Nogueira aos diretos no Instagram. ‘Como é que o Bicho Mexe?’ foi, sem dúvida, um dos momentos altos deste 2020 que teimou em destacar-se pela distância. Depois de ter deixado de lado estes encontros regulares no mês de maio, o humorista decidiu avançar com uma edição especial que fez companhia aos portugueses numa fase em que aumentava o número de casos de Covid-19 em Portugal e na sequência das medidas de prevenção aplicadas. Regresso este que ficou marcado pelo novo amor de Nuno Markl. De referir que, entretanto, o comediante anunciou um direto especial preparado para a noite de Natal, que decorreu no dia 25 de dezembro.

Dezembro

A morte inesperada de Sara Carreira que chocou o país

O ano acabou de forma trágica, especialmente para a família Carreira, que perdeu a sua ‘princesa’ a 5 de dezembro, num trágico acidente de carro. A jovem Sara Carreira partiu cedo demais, aos 21 anos, levando as redes sociais a ‘encherem-se’ de tributos e mensagens de apoio à família e a Ivo Lucas, namorado de Sara e quem conduzia o automóvel onde seguia a cantora. Um momento de dor, cujo silêncio foi quebrado em 21 de dezembro pelo pai, Tony Carreira, e pelo irmão David, que se pronunciaram pela primeira vez nas redes sociais. Também Mickael Carreira viria a reagir publicamente à morte da irmã no último domingo do mês.

Neste último mês de 2020, quem também esteve no centro das atenções foi José Cid, pelos comentários que fez sobre um dos looks usados por Aurea no programa ‘The Voice Portugal’. O decote do visual da artista foi alvo de várias montagens que se espalharam pelas redes sociais. “Pensei que tu trouxesses o decote hoje", disse Cid à cantora durante uma das galas do programa da RTP. Palavras que foram duramente criticadas na Internet. De referir que António Zambujo também brincou com o look de Aurea, mas rapidamente se arrependeu de o ter feito.

As notícias mais lidas do ano:

Janeiro: Kobe Bryant tinha um acordo com a mulher relativamente a helicópteros

Fevereiro: "Aos 11 anos fui violado, se não tivesse sido, hoje era gay"

Março: Após revelar diagnóstico, Tom Hanks partilha foto. "Um dia de cada vez"

Abril: Morreu o ator Filipe Duarte. Tinha 46 anos

Maio: Mensagem de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre Valentina torna-se viral

Junho: O país está inconsolável. Onda de homenagens a Pedro Lima continua

Julho: "A Cristina Ferreira foi tão longe que deixou de fazer parte da gente"

Agosto: Após 14 anos de namoro, Ana Guiomar e Diogo Valsassina ficam noivos

Setembro: Ellen DeGeneres "torturava empregados domésticos em casa", diz fonte

Outubro: Chrissy Teigen e John Legend perdem o terceiro filho após complicações

Novembro: As surpresas já começaram. Mulher de Joe Biden toma decisão inédita

Dezembro: Pai e irmã de Ivo Lucas quebram silêncio e partilham foto ternurenta; Morreu Sara Carreira, filha de Tony Carreira. Tinha 21 anos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.