A ingestão de pêssegos, de chocolate e/ou de morangos pode provocar reações alérgicas cutâneas em pessoas alérgicas a esses alimentos. Estes estão, no entanto, longe de ser os únicos a causar este tipo de reações. Para se fazer esse diagnóstico será necessário recorrer a uma consulta da especialidade em que, com base na história do paciente, se fazem testes cutâneos, ou seja, na pele. Estes testes são muito fáceis de realizar, mesmo em crianças pequenas, são feitos praticamente sem dor e com leitura aos 20 minutos.

Os resultados são depois confirmados por análises ao sangue. Há vários alimentos que podem provocar alergias, nomeadamente o leite, os ovos e o peixe, principalmente nas crianças, assim como o marisco, os frutos secos e os frutos frescos no adultos. Quando se confirma uma reação alérgica a um ou mais alimentos, estes devem ser retirados da alimentação, mas sempre com aconselhamento médico. No entanto, nem todas as lesões na pele pertencem ao foro da alergologia. Podem ser, na realidade, causadas por acne.

Vulgarmente conhecidas por borbulhas, irrompem pela pele e deverão ser tratado ao nível da dermatologia. Não é, todavia, o que sucede com as reações provocadas pela ingestão de alimentos que exigem particular cuidado, como é o caso dos que encontra na listagem que se segue:

- Camarão

Se é alérgico ao camarão, não o deve ingerir em nenhuma circunstância. Tenha também cuidado com a lagosta e com o caranguejo. Sendo alérgico ao camarão, é provável que o seu organismo também tolere bem a sua ingestão.

- Bacalhau

Se é alérgico ao bacalhau, tenha cuidado com a pescada e o salmão. Estudos científicos internacionais identificaram reações alérgicas a este pescado.

- Amendoim

Se é alérgico aos amendoins, tenha também cuidado com a soja, com os feijões, com a lentilhas, com o grão-de-bico e com as ervilhas.

- Sementes de sésamo

Se é alérgico às sementes de sésamo, deve moderar a ingestão de as sementes de girassol.

- Trigo

Se é alérgico ao trigo, tenha cuidado com a cevada, com o centeio, com o milho e com a aveia, pois há fortes probabilidades de lhe virem a fazer alergia se os ingerir.

- Maçãs

Se é alérgico às maçãs, tenha particular cuidado quando ingerir peras, pêssegos, ameixas e alperces.

- Pólenes de gramíneas

Se é alérgico aos pólenes de gramíneas, tenha cuidado com os frutos secos, com os pêssegos, com as ameixas e com os alperces.

- Pólen de artemísia

Se é alérgico ao pólene de artemísia, tenha cuidado com alimentos como as cenouras, o aipo e as especiarias.

- Pólen de bétula

Se é alérgico ao pólen de bétula, tenha cuidado com as maçãs, as cenoura e as batatas.

- Ácaros

Se é habitualmente alérgico aos ácaros, tenha cuidado com o marisco, principalmente com o camarão, com a lagosta e com o caranguejo. Caracóis, búzios e lapas também são de evitar.

- Látex

Se é alérgico ao látex, tenha cuidado quando ingerir castanhas, quivis, bananas e abacates.

Texto: Filomena Falcão (alergologista)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.