É com marisco e um bom cartaz musical que Olhão brinda ao verão

Olhão, no Algarve, prepara-se uma vez mais para receber a sua festa anual dedicada ao marisco. Este ano, na 34ª edição, o Festival do Marisco decorre de 9 a 14 de agosto, aguardando a organização mais de 50 mil visitantes.

À mesa vão chegar os camarões, as sapateiras, o berbigão e a ameijoa, a ostra e o mexilhão, as navalhas, confecionados à moda algarvia, como é exemplo a cataplana. Também a não desmerecer as formas mais simples de preparo, com os mariscos cozidos ou ao vapor. (continuar a ler)

É com marisco e um bom cartaz musical que Olhão brinda ao verão

Festival do Bacalhau volta a levar a festa a Ílhavo durante 5 dias

Quando a 11 de agosto terminar o Festival do Bacalhau, na Gafanha da Nazaré (Ílhavo), estima a organização que terão visitado a iniciativa perto de 150 mil visitantes. A festa arranca a 7 de agosto no Jardim Oudinot, com entrada gratuita e a promessa da presença de dez restaurantes a servirem inúmeros pratos inspirados no fiel amigo.

Para além da posta de bacalhau, o Festival será momento para provar outras partes provenientes do peixe adorado pelos portugueses, como os sames (bexigas natatórias), caras e línguas. (continuar a ler)

Festival do Bacalhau volta a levar a festa a Ílhavo durante 5 dias

Em agosto o Douro não é só vindimas, também há festa com o nosso Tomate Coração de Boi

Até ao final do mês de agosto, restaurantes da região duriense fazem mostra e prova do generoso Tomate Coração de Boi. E não se ficam apenas pelas saladas. Um festival que conta com mercado, provas comentadas e concurso com a presença da gastrónoma Maria de Lourdes Modesto.

É robusto e suculento, com cada exemplar a poder atingir uns impressionantes 250 g. O Tomate Coração de Boi tem este agosto direito a festival no Douro, com concurso dia 23 para eleger o melhor exemplar da temporada entre os produtores da região. O júri chefes é constituído por chefes de cozinha, enólogos, jornalistas e outros atores na área da gastronomia. A gastrónoma Maria de Lourdes Modesto é a convidada de honra desta edição. (continuar a ler)

Em agosto o Douro não é só vindimas, também há festa com o  nosso Tomate Coração de Boi
créditos: Projeto Capella

Algarve e agosto, a combinação perfeita para os festivais do marisco e da sardinha

A sardinha assada é a rainha na cidade portimonense, com o evento dedicado a esta iguaria, que se faz acompanhar tradicionalmente pelo pão, batatas e a salada algarvia. Com início a 7 de agosto, este festival prolonga-se até dia 11 e leva, ainda, à margem do rio Arade, artesanato, animação e os concertos de Amor Electro, Bárbara Bandeira, Marco Rodrigues, C4 Pedro e Expensive Soul.

Já em Olhão, os sabores são do marisco no histórico festival que acontece anualmente no Jardim do Pescador Olhanense, com vista para a ria Formosa. Entre os dias 9 e 14 podem ser apreciados camarões, amêijoas, ostras, sapateiras, lagostas, entre tantos outros tesouros da ria, confecionados em diferentes pratos. (continuar a ler)

Algarve e agosto, a combinação perfeita para os festivais do marisco e da sardinha

Feira Medieval de Silves convida para 10 dias de banquetes reais

Tal como em edições anteriores, a Feira Medieval de Silves convida-nos este ano “À Mesa Real”, de 9 a 18 de agosto. Nos dez dias do evento, os participantes são convidados a degustar uma recriação de pratos de época, no caso concreto, as cozinhas muçulmana e cristã no período medieval.

Entre os pratos que chegarão à mesa diariamente, estarão as cenouras e azeitonas temperadas, os torresmos, a linguiça assada, os queijos e o presunto, Zalouk (um prato feito à base de beringela), lentilhas, salada de Couscous.

Nos pratos principais, a empada de aves, boldroegas (almondegas), carnes grelhadas e leitão assado. O repasto termina com fruta e outras sobremesas, como a laranja com canela, a torta de mel, a torta de laranja, a torta de alfarroba, as almojávenas de requeijão, o bolo de laranja e o bolo de mel e azeite com calda de mel e medronho. (continuar a ler)

Feira Medieval de Silves convida para 10 dias de banquetes reais

 Em Cascais o verão vai ser regado a cerveja artesanal no mercado que lhe é dedicado

Para este Mercado da Cerveja Artesanal o plano é simples: entrar, comprar um copo (2,50 euros), ou caneca (3,00 euros) e navegar pelos diversos espaços que darão a oportunidade de experimentar dezenas de diferentes referências. Ao todo, entre 29 de agosto e 1 de setembro, perto de 20 os stands de cerveja artesanal marcam presença na iniciativa.

Entre os cervejeiros presentes, vamos encontrar a Letra, Lince, Loba, Piratas Cervejeiros, Nortada, Oeste, Bolina, Uwaga, Sadina. (continuar a ler)

Em Cascais o verão vai ser regado a cerveja artesanal no mercado que lhe é dedicado

Em Braga, os petiscos e a cerveja estão a 3 euros este mês de agosto

O verão e os dias quentes pedem uma cerveja para refrescar e, para acompanhar, um petisco de sabor nacional ou mesmo de travo internacional. Em Braga, a mini francesinha, a alheira à portuguesa, o pastel de chaves, os bolinhos de bacalhau, a sanduíche de vitela, são alguns dos petiscos para apreciar, de 2 a 18 de agosto, com as diferentes cervejas Bohemia.

Participam na iniciativa “Petiscar à la Bohemia”, perto de duas dezenas de estabelecimentos, apresentando quatro variedades de cervejas para casarem com diferentes pratos. (continuar a ler)

Em Braga, os petiscos e a cerveja estão a 3 euros este mês de agosto
créditos: Taste Braga

E com setembro…

No Algarve já se preparam as mesas para o Festival do Berbigão

Massa de berbigão, arroz e papas do mesmo, rissóis de berbigão e berbigão ao natural são algumas das propostas do Festival que Figueira, concelho de Portimão, dedica todos os verões a este molusco.

Em 2019 a iniciativa decorre a 7 e 8 de setembro, no Polidesportivo de Figueira, recinto com capacidade simultânea para 400 comensais e que estima receber nos dois dias de festa quatro mil visitantes.

Um fim de semana em que, de acordo com a organização, sejam consumidas perto de duas toneladas deste bivalve cuja “apanha na Ria de Alvor data bem para lá da antiguidade, tendo este negócio sustentado muitas famílias locais em tempos idos”. (continuar a ler)

Quase uma tonelada de berbigão impróprio para consumo apreendida em Aveiro

Wine & Music Valley: Um festival para saborear o Douro em tempo de vindimas

A 14 e 15 de setembro seis hectares de terreno à beira Douro vão ser casa para aquele que se afirma como o primeiro festival de música português totalmente inspirado pelo vinho.  O Wine & Music Valley, terá lugar no Porto Comercial de Cambres, em Lamego, em plena época de vindimas naquela que é a Região Vinícola Demarcada mais antiga do mundo.

Um festival que joga em três campos, a Música, com um cartaz repleto de estrelas nacionais e internacionais, o Vinho, com perto de 80 produtores durienses presentes, assim como atividades em torno dos néctares da região, e a Culinária, com a presença já confirmada de seis chefes de cozinha portugueses. (continuar a ler)

Wine & Music Valley: Um festival para saborear o Douro em tempo de vindimas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.