Nos dias que correm, temos a possibilidade de trabalhar a partir de qualquer lugar, seja em casa, no escritório ou até mesmo numa esplanada ao pé da praia. Esta forma de trabalhar universalizou-se, é cada vez mais natural para muitas empresas e são já muitos os trabalhadores que preferem este modelo flexível de trabalho face ao modelo mais tradicional do passado. No entanto, este sentimento de always on traz consigo o risco de sermos sempre solicitados, independentemente da hora ou mesmo do facto de estarmos num período de descanso ou de férias.

Muito se tem falado sobre o tema, e a verdade é que a saúde mental é um tópico na agenda da sociedade atual e de muitas empresas. A aposta no bem-estar (físico e emocional), que já era uma tendência no pré-pandemia, está a tornar-se cada vez mais uma parte integrante da gestão diária de muitas organizações que procuram zelar pelo equilíbrio dos seus colaboradores. Aquilo que antes se traduzia na ideia de work-life balance é hoje uma equação mais complexa: é uma verdadeira work-life blend em que as esferas pessoal e profissional se fundem, mas onde deve primar o respeito e o direito a desligar.

E, afinal, o que podemos fazer para promover o nosso descanso durante as férias – ou, no caso de ter de estar mesmo atento ao email, reduzir isso ao estritamente necessário?

Deixo-lhe cinco dicas simples que o podem realmente ajudar a desligar do trabalho durante as suas tão merecidas férias:

  • Dedique algum tempo a planear a sua ausência: deixe o trabalho finalizado e coordene as tarefas que tem em curso com a restante equipa;
  • Avise (a sua equipa e os seus clientes) que o seu período de descanso está prestes a começar e desligue as notificações antes de fechar o computador para férias;
  • Se precisar de apoiar alguma tarefa nesse período, determine e comunique a sua disponibilidade para evitar ser contactado em momentos de atividade com a família, por exemplo;
  • Deixe o telemóvel fora do seu alcance por uns momentos e aproveite para dedicar o seu tempo e a sua atenção a quem o acompanha – se for verdadeiramente difícil desconectar, instale uma aplicação para controlo de screen time, por exemplo;
  • Antes do regresso ao trabalho, reserve um dia para recuperar das férias e começar com calma a mentalizar-se sobre os desafios que o esperam quando regressar ao trabalho.

Não se esqueça que está férias – essa é a tarefa da sua to do list. Por isso, aproveite onde está a passar as suas férias, a companhia de quem está consigo, desfrute de um livro que ficou esquecido na estante, aproveite para caminhar e praticar outras atividades (quem sabe não ganha esse gosto para o resto do ano) e, sobretudo, aproveite para realmente desligar do trabalho e aproveitar este momento. Seguramente virá com ainda mais força para mergulhar em novos desafios!

Um artigo de Paula Lampreia, Learning, Development & Culture Manager na Randstad Portugal.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.