A verdade é que o sentimento de que somos pouco produtivos é um sentimento que rapidamente nos faz sentir culpados e menos capazes que os outros e que, por isso, se torna um travão ao nosso dia a dia e um ciclo do qual é difícil de sair. 

Para diminuir essas sensações e para exponenciarmos ao máximo as nossas competências e sermos produtivos, devemos começar por: 

1 - Perceber porque é que temos tendência a ser pouco produtivos nas tarefas - se nos tornamos menos produtivos, certamente, há um motivo para isso. Ou não estamos motivados para as tarefas, ou estamos exaustos, ou sentimos que não somos recompensados adequadamente, por exemplo. O primeiro passo para combater a falta de produtividade é perceber o porquê deste nosso mecanismo que nos leva a ser pouco produtivos, no momento em que percebemos o porquê, podemos desbloquear a ausência de produtividade.

2 - Cuidar de nós - sempre que estamos bem connosco próprios, seremos sempre mais produtivos e mais céleres. Por isso, dedicar tempo ao exercício físico, ao descanso, a uma boa alimentação e a atividades de lazer é essencial. Na verdade, muitas vezes, acreditamos que é perda de tempo, mas sempre que cuidamos de nós otimizamos os nossos períodos de trabalho. 

3 - Assumir estratégias práticas para combater a falta de produtividade - a partir do momento em que nos comprometemos com uma postura mais produtiva, devemos procurar estratégias concretas que nos auxiliem como, por exemplo, criar listas de prioridades e de tarefas, planear a semana incluindo nesses planeamento tempos de pausa e de descanso, definir metas claras e objetivas.

4 - Celebrar cada conquista - da mesma forma que nos penalizamos se não formos produtivos, devemos celebrar e parabenizar-nos se conseguirmos alcançar os nossos objetivos. Esta é uma forma de enviarmos ao nosso cérebro uma mensagem positiva que nos permite aumentar a motivação ao longo dos períodos de trabalho e manter-nos envolvidos em todo o processo, aumentando assim a nossa produtividade. 

Não nos podemos esquecer, que sermos produtivos é o resultado de um conjunto de fatores internos que precisam de estar alinhados para nos levar à ação de forma eficiente. Deste modo, sempre que queremos aumentar a nossa produtividade, precisamos de nos centrar em nós, de nos colocar questões e de nos comprometermos com as mudanças de uma forma efetiva, assumindo assim uma postura proativa no sentido de nos tornarmos mais produtivos e eficientes. 

Um artigo das psicólogas clínicas Cátia Lopo e Sara Almeida, da Escola do Sentir.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.