“À medida que o surto se intensifica, o Mecanismo Europeu de Proteção Civil foi ativado após um pedido da França”, informa o serviço de Ajuda Humanitária da Comissão Europeia numa publicação feita na rede social Twitter.

Este serviço precisa que “dois aviões serão mobilizados via UE para repatriar cidadãos na área de Wuhan para a Europa”.

Já hoje, a Comissão Europeia tinha admitido disponibilizar o Mecanismo Europeu de Proteção Civil, usado para catástrofes naturais, para possibilitar o repatriamento de cidadãos da UE na China.

Com a ativação deste mecanismo, Bruxelas fornece apoio logístico e financeiro para o repatriamento dos cidadãos europeus.

Outros Estados-membros, entre os quais Portugal, já equacionaram recorrer ao repatriamento de cidadãos portugueses que se encontram em Wuhan.

A região de Wuhan foi colocada em regime de quarentena, situação que afeta 56 milhões de pessoas.

A China elevou para 106 mortos e mais de 4.000 os infetados no seu território no mais recente balanço do novo coronavírus detetado no final do ano em Wuhan, capital da província de Hubei (centro).

Além do território continental da China, também foram reportados casos de infeção em Macau, Hong Kong, Taiwan, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Singapura, Vietname, Nepal, Malásia, França, Alemanha, Austrália e Canadá.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.