Estudos indicam que o sonambulismo, a roncopatia (ou ressonar, como é vulgarmente conhecido), a sonolência excessiva e a apneia do sono influenciam a qualidade das horas que passamos a dormir. Neste artigo vamos, contudo, abordar um outro distúrbio do sono, a insónia, encontrando-lhe algumas das causas associadas à dieta alimentar.

O stress: Aumenta os níveis de cortisol (hormona que se manifesta durante o dia e regula a fome), o que pode originar vontade de comer quando tiver insónias. Assim, a insónia pode propiciar um aumento de peso e, em casos extremos, a obesidade.

O tipo de alimentação que temos: Por exemplo, refeições ricas em hidratos de carbono ao jantar podem dificultar o seu sono, dado que dificultam a digestão.

Carência de certos nutrientes que modificam a produção de melatonina (hormona que se manifesta durante a noite), tais como:

- Todas as vitaminas do complexo B (principalmente B3);

- Minerais (magnésio, zinco e cálcio);

- Triptofano (aumenta serotonina, neurotransmissor que regula e melhora sono).

Como queremos que tenha um sono tranquilo à noite, aconselhamos uma alimentação saudável.

Tenha em mente… reduza os hidratos de carbono e aumente os nutrientes. Consuma alimentos com vitamina B3, magnésio, zinco, cálcio e aminoácido triptofano, 30 minutos ou uma hora antes de dormir.

Alimentos que deve consumir para ter um melhor sono:

- Leite (de preferência magro) e iogurtes;

- Bananas:

- Nozes e amêndoas;

- Aveia.

Alimentos que deve evitar:

- Café ou chá preto;

- Refrigerantes;

- Álcool;

- Refeições ricas em gorduras ou hidratos de carbono;

- Alimentos ricos em açúcar.

Receitas que pode confecionar utilizando alguns dos alimentos amigos do sono:

 Creme de iogurte com manga e maracujá

 Panquecas de aveia com mirtilos

 Cheesecake de maracujá e aveia

Como melhorar o seu sono através da alimentação?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.