Apesar da relação entre o café e a diabetes ainda não estar suficientemente estudada, vários estudos científicos internacionais demonstraram, ao longo das últimas décadas, que a cafeína pode ter uma ação hiperglicemiante, o que significa que pode causar o aumento dos níveis de açúcar na corrente sanguínea. "Também alguns dos seus outros componentes, como é o caso do magnésio e dos polifenóis, podem interferir no equilíbrio da glicose no sangue", alerta um artigo do site informativo Diabetes 365º.

A cafeína presente no café faz com que o corpo liberte adrenalina. Como esta hormona é estimulante, incentiva o fígado a libertar a glicose que tem armazenada na forma de glicogénio. "É deste modo que a cafeína pode aumentar a glicemia", esclarece o projeto de literacia de saúde que pretende auxiliar os portugueses a lidar com a patologia. "Antigamente, acreditava-se que o café afetava a sensibilidade à insulina", refere ainda. Uma teoria que acabaria, no entanto, por cair por terra mais recentemente.

10 receitas saudáveis para diabéticos. Uma delas é um irresistível leite-creme com poucas calorias
10 receitas saudáveis para diabéticos. Uma delas é um irresistível leite-creme com poucas calorias
Ver artigo

"Num estudo publicado pelo American Journal of Clinical Nutrition, realizado em 126 participantes, verificou-se que o consumo de café não alterava significativamente a sensibilidade à insulina", sublinha o Diabetes 365º, fazendo uma ressalva. "Normalmente, o café em si não representa um grande problema para as pessoas com diabetes", esclarece. "O problema surge quando adicionamos açúcar, mel, leite ou algum outro ingrediente que possa influenciar a glicemia", advertem os especialistas que colaboram com o projeto, lançado em 2019. "Devemos também ter atenção às cápsulas para máquinas de café caseiras", avisa o site.

"As opções aromatizadas, com caramelo por exemplo, assim como os cappuccinos e outras variedades, têm, muitas vezes, adição de açúcar. Leia sempre a lista de ingredientes. Além disso, evite também o café solúvel torrefacto, já que no processo de torrefação se utiliza açúcar. O ideal será tomar o seu café natural. Em princípio, tomar um ou dois cafés simples por dia, sem adição de açúcar ou outros ingredientes, não deverá supor nenhum problema aos diabéticos", defende o Diabetes 365º.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.