Sempre que vai ao supermercado, lá estão eles. Frutos e vegetais que insistem em intrigá-lo, cujo sabor e textura são um verdadeiro enigma. Revelam-se em cores quentes e vários tons de verde. Quando olha para eles, estes apelam aos seus sentidos e aguçam-lhe a curiosidade. Ainda espreita o rótulo, vê um nome estranho mas, ainda assim, não arrisca. A que saberão? Como os posso consumir? Quais as suas propriedades nutricionais?

As suas dúvidas vão acabar, já a seguir. Veja, de seguida, 15 dos alimentos que continuam a ser enigmáticos para muitos portugueses.

1. Figo-da-índia

O seu sabor é levemente adocicado, podendo ser consumidos ao natural ou ser assados no forno. A polpa pode ser usada na confeção de geleias, sumos e doces. São ricos em vitamina A e vitamina C, em cálcio e em magnésio. O preço médio destes frutos ronda, habitualmente, 9,99 € por quilo.

2. Fisálise

Antes de existir uma palavra portuguesa, era conhecido como physalis. Estas bagas agridoces são especialmente saborosas frescas. Experimente usá-las para decorar pratos ou cobri-las com chocolate preto quente. São ricas em vitamina A e vitamina C, em fósforo e em ferro. O preço médio anda na casa dos 12,29 € por quilo.

3. Carambola

Oferece um sabor fresco e uma nota de acidez, podendo usá-la para decorar os seus pratos ou transformá-la em geleia, compota ou sobremesas. Para comê-la ao natural, basta lavá-la. É rica em vitamina C, em cálcio, em magnésio e em fósforo. O preço varia mas, em média, podem ser adquiridos por cerca de 8,69 € o quilo.

4. Inhame

Leve este tubérculo ao forno, coza-o, faça puré, acrescente-o a saladas ou na sopa. Ajuda a reduzir os níveis de colesterol. É rico em fósforo, em potássio e em proteínas. Muito apreciado nos Açores e na Madeira, custa, em regra, 3,99 € por quilo.

5. Cunquate

Muita gente continua a usar a palavra kumquat, apesar de já existir um termo em português. O seu sabor assemelha-se ao de uma laranja amarga. É delicioso adicionado a saladas, conservando-se no frigorífico durante duas semanas. São ricos em vitamina C, em cálcio e em fibra. O preço médio ronda, em média, os 10,89 € por quilo.

6. Chuchu

Da família da abóbora e do pepino, deve ser confeccionado cozido, adicionado à sopa, guisados ou em saladas frias. Pode retirar a casca antes ou depois de o cozinhar. É rico em vitamina A e em vitamina C, além de potássio. O preço médio deste fruto ronda, em média, 2,65 € por quilo.

7. Rebentos de lentilhas

Podem ser consumidos crus ou cozinhados. Acrescente-os a saladas, sopas, guisados, pratos indianos, massas ou coza-os a vapor. São ricos em vitaminas A, B, C e E, mas também fornecem cálcio, ferro, fósforo e proteínas. O preço médio anda na casa de 1,24 € por cuvete.

8. Rebentos de alfafa

Use esta leguminosa em saladas, sopas, sandes ou como acompanhamento. São ricos em vitaminas A, B, C, K e E, cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, zinco e proteínas. Em média, por cuvete, conte pagar à volta de 1,24 €.

9. Mandioca

Pode usar este tubérculo como substituto da batata, por exemplo em sopas ou guisados. É rica em hidratos de carbono, em vitamina C e em fibra. O preço médio anda na casa dos 1,59 € por quilo.

10. Tamarilho

Retire a casca deste fruto, antes de o comer ou de o cozinhar, mergulhando-o em água a ferver. Conserva-se no frigorífico durante dez dias. Pode usá-lo em pudins, soufflés ou como acompanhamento de carne assada. É rico em potássio e em vitaminas A e C. 8,39 € é, em regra, o preço cobrado por quilo.

11. Goiaba

Retire a casca e delicie-se com o conteúdo tropical desta fruta absolutamente deliciosa. É rica em vitamina C, em vitaminas do complexo B, em cálcio e em fósforo. O preço médio deste fruto ronda, em média, 5,99 € por quilo.

12. Anona

Abra-a ao meio e coma-a às colheradas ou use-a na preparação de sorvetes ou sumos. Só tem um inconveniente, os seus incontáveis caroços. É rica em fibras, minerais, vitamina B6, magnésio, potássio e hidratos de carbono. 3,99 € é, geralmente, o preço por quilo.

13. Kiwano

Mistura o sabor da banana, da lima e do pepino. Corte-o ao meio e retire o recheio. Use-o como cobertura de sobremesas ou adicione-o a saladas verdes ou de fruta. É rico em vitaminas A e C e ferro. O preço médio oscila habitualmente entre os 8,10 € e os 10,20 € por quilo.

14. Shimeji

Trata-se de um cogumelo com sabor e odor únicos. Use-o em sopas e pratos de arroz. São ricos em vitamina B1 e lisina. Não são baratos. O preço médio por quilo anda na linha dos 19,99 €.

15. Tamarindo

A sua polpa, que pode ser consumida ao natural, seca ou cristalizada, é uma óptima opção para gelados, marmeladas, sumos e molhos agridoces. É rico em açúcar, vitamina B e cálcio. Tem propriedades laxativas. O preço médio situa-se à volta de 9,99 €.

Texto: Nazaré Tocha

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.