A Unidade de Controlo Costeiro da GNR apreendeu em Valença, distrito de Viana do Castelo, 5,4 toneladas de amêijoa japonesa, no valor estimado de 48 mil euros, e identificou um homem de 44 anos, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a GNR esclarece que a apreensão ocorreu na quarta-feira, durante uma ação de fiscalização rodoviária orientada para a verificação e controlo do transporte de pescado fresco e moluscos bivalves.

Estas intoxicações alimentares podem matar
Estas intoxicações alimentares podem matar
Ver artigo

 Na nota, aquela força policial acrescentou que "os militares detetaram um veículo de mercadorias que transportava amêijoa japonesa (Ruditapes philippinarum), cujos documentos de transporte não permitiam determinar a origem dos bivalves, nem se tinham sido cumpridas as questões de rastreabilidade obrigatórias, havendo assim a possibilidade de se constituírem um perigo para a saúde pública".

A amêijoa, segundo a GNR, "não possuía o tamanho mínimo legal para puder ser capturada e comercializada, quatro centímetros".

Não verificada, não licenciada

Além do tamanho mínimo legal, a amêijoa japonesa tem obrigatoriamente de ser colocada num centro de depuração licenciado para o efeito, sendo este um estabelecimento que dispõe de tanques alimentados por água do mar limpa, nos quais os moluscos bivalves vivos são colocados durante o tempo necessário para reduzir a contaminação, de forma a torná-los próprios para consumo humano.

10 alimentos venenosos potencialmente fatais
10 alimentos venenosos potencialmente fatais
Ver artigo

Após este processo, são encaminhados para um centro de expedição para poderem ser colocados à venda no mercado, onde é garantida a qualidade do acondicionamento, da calibragem e da embalagem dos bivalves, evitando a sua contaminação.

No decurso da operação "foi identificado um homem, com 44 anos, e elaborado o auto de notícia por contraordenação, por transporte de espécies bivalves em estado imaturo e por falta de rastreabilidade, infrações puníveis com coima máxima de 37.500 e 25.000 euros, respetivamente".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.