As tradições para a entrada de num novo ano são bastante diferentes de acordo com a família, país, religião ou cultura. No entanto, o objetivo é quase sempre comum: formular desejos para o ano seguinte, colocando para trás das costas o que está a terminar. São também comuns os brindes e celebrações animadas.

Seja em casa, numa festa ou na rua, entre amigos e familiares, por todo o mundo a celebração da noite de Passagem de Ano é marcada por rituais, tradições e superstições.

Em Portugal a tradição mais comum é celebrar as 12 badaladas, comendo 12 passas ao mesmo tempo que se pedem 12 desejos, para os próximos 12 meses.
Por norma, a noite começa com um jantar entre amigos e familiares, com comidas típicas e doces da época, decorrendo em grande animação até à chegada da meia noite.

  • Entre as várias tradições nacionais, há umas mais comuns como:
  • Escolher a cor da roupa interior, de acordo com os desejos para o próximo ano;
  • Utilizar uma peça de roupa nova;
  • Saltar de uma cadeira com dinheiro da mão, no bolso ou no sapato;
  • Fazer barulho com tampas de panelas, buzinas ou apitos, para afastar o mau alhado;
  • Saltar ou entrar num local com o pé direito;
  • Brindar com espumante;
  • O fogo de artifício;
  • Beijar o seu companheiro;
  • Dar um mergulho no mar à noite ou no dia seguinte;
  • Cantar as Janeiras; entre outras.

Pelo mundo fora existem outras tradições e rituais a ter em consideração:

Espanha: Os espanhóis, tal como nós, tem a tradição de celebrar as 12 badaladas. Na sua maioria, optam por uvas e não passas. Na capital, Madrid, a meia noite é passada na Puerta Del Sol e só depois vão festejar  para as discotecas e bares.

Itália: Os italianos tem como tradição escrever os seus desejos num papel e atirar para a lareira na mudança do ano, esperando que estes se realizem. Pra simbolizar o a renovação e o recomeço de um novo ano, tem também a tradição de deitar fora roupas, peças e objetos que já não precisam nem têm utilidade. Em relação à cor da lingerie, a tradição em Itália é utilizar-se o vermelho.

Brasil: No Brasil a Passagem de Ano é por norma celebrada na praia, até porque é verão e o tempo está quente. O destino mais conhecido é Rio de Janeiro e a praia de Copacabana, que se enche de milhares de pessoas que assistem aos espetáculos, concertos e o famoso fogo de artificio.
Um dos rituais obrigatórios em nome de Yemanjá, é vestir roupa branca e atirar flores ao mar depois de saltar 7 ondas.

Reino Unido: Se o seu destino foi Londres, irá assistir a um dos Réveillons mais famosos do mundo, com fogo de artifício nas margens do Rio Tamisa ao som das badaladas do Big Ben.

Irlanda: A tradição na Irlanda é as raparigas solteiras dormirem com azevinho debaixo da almofada, na esperança de encontrar um novo amor no próximo ano. Outra das tradições mais célebres é o mergulho nas águas geladas do Atlântico na manhã de dia 1 de janeiro. Um ritual cumprido apenas pelos mais corajosos.

França: Em França, a comemoração mais conhecida é em Paris, na Avenida Champs-Elysées com um grande fogo de artificio e a brincar com flutes de champagne.

Estados Unidos da América: A principal tradição é o Beijo da meia noite. Em Nova Iorque, a zona mais conhecida é Times Square, onde a contagem decrescente é celebrada com a descida da célebre “Eve Ball” que explode assim que se entra no novo ano. O Réveillon é sempre festejado com grande euforia e animação.

Filipinas: Um dos rituais mais curiosos é o das Filipinas, onde têm por hábito utilizar uma peça de roupa às bolas. Os filipinos creem que pela sua forma se assemelhar à forma das moedas, terão um ano mais próspero e financeiramente mais rico. A peça deve ainda ter bolsos para guardar algumas moedas.

México: Os mexicanos, como símbolo de renovação, tem o ritual de lavar a casa, a roupa e os bens.

Com os sem rituais, desejamos-lhe um Feliz Ano Novo!!

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.