Os meses de inverno são propensos a gripes, uma doença infeciosa provocada por vários vírus e que, nas fases de maior pico, chega a provocar a morte de meio milhar de pessoas em Portugal. As viroses sazonais continuam a ser prevenidas e tratadas, na maioria dos casos, através de fármacos produzidos em laboratório. Existem, no entanto, plantas antigripe que podem ser utilizadas como forma de prevenção ou, nalguns casos, como instrumento de tratamento. Estas são três das que os naturopatas mais recomendam.

1. Equinácea     

A equinácea já demonstrou em vários estudos clínicos reduzir a incidência das gripes, por ano, até menos 58% e a sua cura em metade do tempo normal. Os resultados são, como confirmaram investigações científicas levadas a cabo, semelhantes aos do sabugueiro, podendo ambos ser tomados em xarope ou em infusão. No caso do xarope, ingira entre uma a quatro colheres de sopa por dia. Em alternativa, em infusão, pode ingerir uma colher de sopa por chávena, até quatro vezes por dia.

2. Tomilho

O tomilho, uma erva aromática muito consumida em Portugal, é rico em óleos essenciais e pode ser utilizado em inalações, em infusão ou ingerido em saladas. Tem uma ação direta contra vários tipos de bactérias e contra o vírus influenza A. No caso de o ingerir numa infusão, use meia colher de sopa de tomilho por chávena para a preparar.

3. Gengibre

A raiz do gengibre, uma planta herbácea da família das Zingiberaceae, originária da ilha de Java, da Índia e da China, reforça o sistema imunitário e aumenta, simultâneamente, a temperatura interna do organismo, funcionando também como um anti-inflamatório ao eliminar ou atenuar as cefaleias que podem aparecer durante as gripes. Este alimento pode comer-se fresco ou ingerir-se em pó, integrado nas confeções gastronómicas quotidianas. Também se pode acrescentar a infusões com outras plantas medicinais.

Texto: Carlos Eugénio Augusto com João Beles (naturopata e professor no Instituto de Medicina Tradicional)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.