A grande família das solanáceas é composta, principalmente, por plantas herbáceas e é potencialmente perigosa devido aos elevados níveis de toxicidade.

Qual o potencial problema das solanáceas?

A maioria das plantas desta família é potencialmente tóxica pela presença da solanina e dos alcaloides, compostos químicos difíceis de processar e que se acumulam facilmente nos nossos órgãos.

A solanina, um aminoácido, é praticamente insolúvel em água e é estável ao calor, o que dificulta a sua decomposição pelo processo de cozedura.

Apenas 78% da solanina é eliminada pelo corpo humano, o que demonstra o perigo de acumulação do que não é eliminado diariamente, acrescido ao consumo diário repetido de batatas, tomate, pimentos e beringelas. Por isto mesmo, o fígado é o órgão no qual mais se acumula o excedente de solanina, afetando a sua função de filtro do corpo humano.

Sabia que a beringela, o tomate, o pimento e a batata branca são da família do tabaco?
Pessoas com uma condição de saúde inflamatória ou mais aguda devem evitar comer regularmente batata. créditos: @Green Smiles

As solanáceas têm presente os alcaloides, um composto químico que funciona como inseticida natural. Claro que a nossa dimensão enquanto adultos é muito diferente dos insetos, mas é importante garantir que lavamos bem estes vegetais e não os consumimos em excesso.

Adicionalmente, a ingestão regular, e em grandes quantidades, de solanáceas pode impedir a absorção da vitamina D.  Isto, porque a fórmula extremamente potente da vitamina D3 presente nas solanáceas pode dificultar, ou mesmo impedir, a fixação do cálcio, fazendo com que o corpo deposite o cálcio nos tecidos moles em vez de o fazer nos ossos.

Antigamente, as sementes do tomate eram utilizadas para fins abortivos? Precisamente por ser uma solanácea e o nível de toxicidade ser bastante concentrado

Quais os efeitos do consumo abusivo de solanáceas?

Sabia que, antigamente, as sementes do tomate eram utilizadas para fins abortivos? Precisamente por ser uma solanácea e o nível de toxicidade ser bastante concentrado, fazendo um reset ao nosso corpo.

Sabia que a beringela, o tomate, o pimento e a batata branca são da família do tabaco?
A ingestão regular, e em grandes quantidades, de solanáceas pode impedir a absorção da vitamina D. créditos: @Green Smiles

O elevado nível de toxicidade destes alimentos é mais perigoso quando temos condições de saúde mais debilitadas.  Pessoas com uma condição de saúde inflamatória ou mais aguda - problemas intestinais, doenças autoimunes, intestino permeável, entre outras - devem evitar comer regularmente batata, tomate, beringela ou pimentos para regularem o seu nível de toxicidade interna.

Se consumirmos solanáceas em excesso o nível de toxicidade presente no nosso corpo será maior, afetando não só o funcionamento e equilíbrio dos nossos órgãos, mas também o pH do nosso sangue.  A condição mais inflamada faz com que estejamos mais vulneráveis e expostos aos efeitos negativos e tóxicos destes vegetais.

Por tudo isto, conta peso e medida é o mote no que diz respeito às solanáceas.

Texto da autoria de Vanessa Andrade

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.