A Ordem dos Enfermeiros apela aos profissionais para que denunciem casos de restrição ou perda de qualidade nos cuidados de saúde e criou, a partir de hoje, correio eletrónico para receber queixas.

Em declarações à agência Lusa, a bastonária Maria Augusta Sousa disse ter a noção de que os cortes orçamentais na área da saúde “geram elevada preocupação”, considerando importante desafiar os profissionais a identificarem situações em que haja dificuldades no acesso aos cuidados.

“Convocamos todos os enfermeiros a transmitirem todas as situações que, tendo origem em medidas de restrição introduzidas nas várias organizações de saúde, se venham a traduzir em prejuízo para a qualidade da prestação de cuidados de saúde e de enfermagem”, refere a Ordem.

Também as situações em que haja insegurança na prestação de cuidados motivada pelos cortes nas despesas impostos pelo Orçamento de Estado deverão ser denunciadas.

Para isso, os enfermeiros poderão enviar informações ou alertas para o endereço enfermeirosalerta@ordemenfermeiros.pt.

Também já Ordem dos Médicos criou em meados deste ano um espaço eletrónico para que os clínicos possam denunciar todos os casos em que o tratamento esteja a ser prejudicado pelas restrições nos serviços públicos.

10 de novembro de 2011

@Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.