Acérrimo defensor da dieta mediterrânica, Miguel Ángel Martínez-González é um dos mais reputados médicos espanhóis e não pode ver bolachas à frente. "Não há uma única que seja saudável no mercado", justifica o epidemiologista, professor e investigador da Universidade de Navarra, especialista em saúde pública, um crítico dos ingredientes que muitos fabricantes usam na produção industrial deste tipo de produto.

"Utiliza-se a gordura mais barata, como o óleo de palma, têm sempre farinha refinada, corantes, espessantes e conservantes e depois, na etiqueta, [os que as produzem] escrevem o que querem", condena o especialista, que acaba de publicar o livro "Salud a ciencia cierta - Consejos para una vida sana", em declarações ao jornal El Mundo. Uma obra repleta de conselhos para adultos que também não esquece as crianças.

Quais as melhores bolachas para a sua saúde?
Quais as melhores bolachas para a sua saúde?
Ver artigo

"Os índices de obesidade infantil são terríveis no nosso país", sublinha o médico espanhol. "Os pais são muito permissivos", critica ainda Miguel Ángel Martínez-González. "Preferem dar-lhes doces e sobremesas lácteas cheias de açúcar porque é mais fácil do que lhes descascar a fruta", condena. Na hora de reabastecer o frigorífico e a dispensa no supermercado, o especialista recorre à sua própria experiência para indicar o tipo de produtos que devem ser eliminados das listas de compras do que se preocupam com a saúde e com o que ingerem.

"Evito o corredor das bebidas açucaradas e também toda a zona dos gelados, dos bolos e da pastelaria", revela. A padaria também é um dos locais que procura evitar. "O pão branco é um desastre, sobretudo para as pessoas que sofrem de obesidade. É o pior alimento", critica Miguel Ángel Martínez-González. "É amido puro, de absorção muito rápida, além de ser [um produto] refinado e de ter muito sal", lamenta ainda o especialista.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.