A Alfarroba é uma leguminosa, o fruto da planta Alfarrobeira (Ceratonia síliqua L.). Foi trazida para a Península Ibérica pelos árabes a partir do século VIII d.C.. Mais tarde, em 1777, a alfarroba ocupava o quinto lugar das exportações feitas por via marítima algarvia. Para além disto, há registos de que pelo menos desde 1579, esta leguminosa era comercializada em feiras algarvias, como a de Tavira.

Uma curiosidade sobre a alfarrobeira é que nos primeiros 15 anos de vida não dá fruto, mas depois tem uma longa vida produtiva. Há que saber esperar pelo fruto poderoso.

O sabor da alfarroba é muito semelhante ao cacau, pelo que é um substituto direto do chocolate e muito mais interessante do ponto de vista nutricional. E, para além disso, estaremos a consumir um produto nacional, em detrimento do cacau que viaja desde longe para chegar aos nossos pratos.

No que toca aos nutrientes, a alfarroba tem, na minha opinião, cinco vantagens face ao cacau:

- Não tem a teobromina, o estimulante presente no cacau.

- É naturalmente mais doce do que o cacau, que tem um sabor amargo de origem.

Conhece a substituta do cacau que cresce no Sul de Portugal?
O sabor da alfarroba é muito semelhante ao cacau, pelo que é um substituto direto do chocolate. créditos: Pixabay

- Tem 20 vezes menos gordura do que o cacau. O seu baixo teor de gordura revela-se que em 100g de farinha de alfarroba encontram-se apenas 0,7g de gordura total;

- Tem uma elevada concentração de fibra, que ajuda a equilibrar os níveis de saciedade e a resolver a obstipação.

- É uma óptima fonte de antiocidantes, pois é rica em flavonóides, que têm capacidade anti-inflamatória, anticancerígena e antidiabética.

E se está a pensar onde pode usar a alfarroba, a reposta é, em tudo.  Panquecas, bolachas, smoothies, bebidas, bolos, tostas.

Quer uma receita com muito sabor?

Bolachas de alfarroba sem glúten

No que respeita a ingredientes, vai precisar de 125 g de açúcar mascavado (pode substituir por outro adoçante ao seu gosto), 250 g de farinha de aveia, três colheres de sopa de alfarroba em pó, duas colheres de sopa de coco ralado, uma colher de chá de canela, 125 ml de bebida vegetal e 125ml de óleo/azeite (de boa qualidade).

Modo de preparação:

Misture todos os alimentos numa taça e envolva bem até formar uma bola que se despegue. Pré-aqueça o forno a 200 graus. Forme as bolachas no formato que mais gostar e disponha um tabuleiro forrado com papel vegetal. Leve ao forno durante 25 minutos a 190 ºC - o tempo pode variar consoante a potência do forno. Bom apetite!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.