Chame-lhe triguilho, bulgur, ou mesmo burghul, saiba que será sempre produzido a partir de diferentes variedades de grão de trigo inteiro quando este começa a germinar. Tradicionalmente, muito consumido no Médio Oriente e Norte de África, o bulgur obtém-se a partir dos grãos de trigo cozidos (especialmente o tipo triticum durum), depois secos ao sol e, posteriormente humedecidos e partidos.

É claro que não terá todo este labor para obter o seu bulgur. Nos lineares das superfícies comerciais vai encontrá-lo em embalagens e nas versões de grão mais grosso (de dimensão semelhante ao bago de arroz carolino) e o bulgur de granulado fino.

Preparação base para utilização em diferentes receitas:

- Deite a quantidade desejada de bulgur numa taça grande (à semelhança do arroz, uma chávena para quatro pessoas será suficiente).

- Despeje sobre o bulgur água bem quente, o equivalente a três vezes a quantidade de cereal. Deixe de molho durante uma hora.

- Escorra a água que não foi absorvida e esprema o bulgur com as mãos, para retirar totalmente todo o líquido.

- Depois, cozinhe como se fosse arroz. Pode cozer apenas em água ou caldo (duas vezes a quantidade do bulgur) ou pode enriquecer previamente com um refogado de azeite, cebola e alho.

- Em alternativa, poderá, ainda, juntar um queijo cremoso e um pouco de vinho branco, à semelhança do risotto.

Posto isto, lance-se na confeção das duas receitas que apresentamos:

Salada de bulgur, mozzarella, espinafres e ananás

Salada de bulgur com sabor a terra e a mar

Salada de bulgur com sabor a terra e a mar
Salada de bulgur com sabor a terra e a mar
Ver receita completa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.