A mulher adora comprar, receber de presente e aplicar produtos de cosmética. Poucas são as que resistem a produtos que mexam com a vaidade e que significam juventude, beleza e saúde. Mas é necessário prestar atenção a detalhes importantes antes de adquirir um cosmético e/ou aplicá-lo.

Produtos vencidos podem causar irritações e até alergias mais graves, pois a validade refere-se, essencialmente, ao conservante, ingrediente que evita a proliferação de fungos e bactérias.

O prazo de validade de um produto de beleza é, deste modo, muito importante, pois, tal como na alimentação, um produto fora de prazo pode ser prejudicial para a saúde. Mas, não é só a validade de um cosmético que o torna apto para ser utilizado, se não forem tomados os cuidados de higiene e utilização adequados e necessários, por incrível que pareça, os produtos de cosmética que nos ajudam a ficar mais belas podem tornar-se perigosos para a saúde.

Infecções provocadas pelos cosméticos
Encostar um dedo num creme é o primeiro passo para contaminá-lo. Os produtos de limpeza de pele têm nutrientes e água na sua formulação sendo um óptimo habitat para o desenvolvimento de micróbios. As bactérias demoram cerca de 20 minutos para se multiplicarem num creme, já os fungos são mais lentos, levam em média 5 a 7 dias para formar uma colónia.

Quando se utiliza um cosmético já contaminado anteriormente, e se houver pequenas lesões na pele, os germens do produto contaminado poderão invadir o nosso organismo, provocando infecções. Alguns destes microorganismos atacam as glândulas sudoríparas sebáceas e até os folículos pilosos, que dão sustentação aos pêlos da pele.

A medida mais eficiente para evitar a proliferação dos micróbios é lavar as mãos antes de usar qualquer produto de beleza ou higiene e utilizar uma espátula, que deve ser limpa sempre depois da aplicação do produto.O ideal é comprar embalagens que evitam o contacto dos dedos com o produto, evitando problemas que possam ocorrer por contaminação.

Saiba mais na próxima página

Sintomas de contaminação por cosméticos
Normalmente, os sintomas de um cosmético contaminado passam por:

- Comichões
- Escamações
- Vermelhões
- Micoses
- Borbulhas

Sinais de contaminação nos cosméticos
Os cosméticos (maquilhagem, cremes, etc.) têm uma aparência, cheiro e consistência própria. Quando estão contaminados ou fora de prazo, podem apresentar certos sinais indicativos de risco para a saúde. Sempre que um produto apresente os seguintes sinais, deve substituí-lo por um novo:

- Alteração de cor, cheiro, gosto ou apresentar bolinhas(batom.)
- Endurecer totalmente ou provocar ardor e olhos inchados (máscara).
- Esfarelar, agarrar ao pincel ou apresentar sinais de mofo na embalagem (sombra, blush, pó compacto).
- Alteração de cor.
- Mau cheiro e humidade (pó facial).
- Borda escura (base).
- Alteração da cor ou textura (lápis de olhos e contorno de lábios).
- Fórmula endurece totalmente (verniz).
- Alteração da cor, do cheiro, consistência mais líquida ou endurecida (creme).
- Alteração da textura ou do cheiro, endurecer (champô e amaciador).
- Alteração da cor e consistência (protector solar).
- Alteração do cheiro ou da cor (perfume).

Saiba mais na próxima página

Cuidados gerais a ter com os cosméticos

- Manter as embalagens bem fechadas, num lugar seco e longe do sol.
- Não emprestar os produtos a outras pessoas, principalmente maquilhagem de olhos e batons.

- Lavar sempre as mãos antes de usar qualquer produto.

- Os perfumes devem ser guardados em lugares escuros e longe das humidades.

- Os cremes devem ser guardados num lugar fresco e longe do sol.
- Em viagem, levar apenas os produtos imprescindíveis.
- Não deixar maquilhagem dentro do carro e em lugares com altas temperaturas.
- Evitar guardar a maquilhagem na casa de banho, por causa das humidades.
- Usar uma espátula para retirar os cremes da embalagem, para não contaminá-lo.
- Ler sempre as embalagens ou folhetos explicativos.
- O ideal é manter os produtos à temperatura ambiente. Mas, se estiverem num lugar muito quente, deve colocar os produtos no frigorífico, dentro das embalagens e de sacos de plástico.
- Antes da aplicação dos produtos, lavar bem o rosto para tirar impurezas.
- Fazer uma revisão periódica dos cosméticos para verificar se algum deles está com o prazo de validade vencido. Se estiverem elimine-os.
- Não comprar cosméticos em sítios que têm condições inadequadas ao seu armazenamento.

Para mais informações consultar o site: Infarmed, ou contactar INFARMED -Instituto Nacional da Farmácia e do Medicamento Parque de Saúde de Lisboa - Avenida do Brasil, 53 1749-004 Lisboa - Portugal.

Imagem:© 26kot - Fotolia.com

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.