Esta lista destina-se simplesmente a ser utilizada como orientação e proporciona algumas “pistas” sobre relações abusivas.

Não é destinada ao inventário negativo (julgar, rotular, criticar, humilhar, etc.) às pessoas, nem pretendo ser dogmático. Você também poderá identificar outras “pistas” que não constem nesta lista.

Esteja atenta/o e questione a relação onde:

1. Existe abuso de drogas e/ou álcool, jogo patológico, etc.

2. Existe um historial de problemas com a lei (ex. delinquência).

3. O/a parceiro não trabalha ou não vai à escola.

4. Existe abuso físico de crianças ou animais de estimação.

5. O/a parceira abusa dos irmãos e/ou de outros familiares.

6. O/a parceiro envolve-se em lutas violentas.

7. O/a parceiro humilha outras pessoas ou censura excessivamente utilizando termos depreciativos.

8. O/a parceira destrói coisas (bens e/ou propriedade)

9. O/a parceiro está sempre com raiva de algo ou alguém

10. Tenta isolar a/o parceiro/a de outras pessoas (ex. amigos/as) e quer controlar com quem o parceiro/a está, e ou os locais onde esteve.

 

Veja mais pistas na página seguinte

11. O/a parceira faz criticas constantes ou força o parceiro/a a ter sexo quando este não está motivado.

12. Mente ou tem outros parceiros/as (relações paralelas).

13. O/a parceiro é fisicamente “rude” (empurra, puxa, dar pontapés, etc.)

14. O/a parceira abusa do dinheiro do parceiro/a ou toma partido em outras situações em que o parceiro/a está em desvantagem.

15. O/a parceiro acusa o outro de se insinuar (ex. engate, flirt) com pessoas do sexo oposto.

16. O/a parceira faz acusações extremas de estar a ser enganado. Desconfiança e paranóia.

17. Não ouve activamente o parceiro/a ou não mostra interesse nas suas opiniões e sentimentos...as coisas são sempre feitas à sua maneira.

18. Ignora, adopta o “tratamento do silêncio”, interrompe as conversas constantemente.

19. Mente, não aparece aos encontros, desaparece por alguns dias.

Veja mais pistas na página seguinte

20. Humilha a família e/ou amigos da/o parceira/o.

21. O/a parceiro faz comentários obscenos sobre outras pessoas na presença do parceiro/a.

22. Culpa o/a parceiro/a por todos os problemas.

23. Controla o que o parceiro/a veste ou faz

24. O/a parceira faz ameaças sobre o suicídio se o parceiro/a quiser desligar-se da relação.

25. O/a parceiro tem alterações extremas do humor; por ex., diz que o parceiro/a é a pessoa mais interessante e no minuto a seguir afirma que é estúpido/a, gordo/a, etc.

26. Compara o actual parceiro/a com outros/as parceiros/as do passado.

27. Injuria e condena outros parceiros/as.

Veja outras pistas sobre relações abusivas na página seguinte

Outras pistas sobre relações abusivas. Esteja atento/a aos seus sentimentos:

Sentir inquieto/a de falar abertamente com o parceiro/a sobre qualquer assunto com medo de represálias.
Sentir sufocada/o e asfixiado/a na relação.

Sentir inseguro/a de tomar decisões ou de abordar certos assuntos com medo de o parceiro/a ficar com raiva e descontrolar-se.

Dizer a si mesma que precisa de se esforçar ainda mais e amar o/a parceiro/a para que as coisas resultem e /ou que hão-de melhorar com o tempo.

Dar por si a chorar, ser infeliz ou sentimentos depressivos (falta de energia, tristesa, perda do apetite, insónia, isolamento).

Dar por si a ficar obcecada/o ou preocupada/o sobre como agradar ao parceiro/a e manter esta postura / atitude durante um período indeterminado.

Dar por si a ser abusada/o fisicamente e emocionalmente e com o tempo a situação agravar-se cada vez mais.
Não permita que a situação se agrave e ou faça segredo do abuso.

Define limites e procure tomar decisões construtivas (se nada mudar na relação; nada muda mesmo).

Na minha opinião, em muitos casos só se pede ajuda quando a relação já se encontra disfuncional e o abuso já faz parte “normal” do dia-a-dia.

João Rodrigues
Técnico de aconselhamento de comportamentos aditivos.
Formação em Inglaterra (Farm Place e Broadway Lodge)
e nos EUA (Hazelden Foundation).
Consultas directas: Tmv 91 488 5546

Blogs:

Prevenção das Dependências

http://prevencaodasdependencias.blogs.sapo.pt

Recuperar das Dependências

http://recuperardasdependencias.blogs.sapo.pt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.