A água é essencial para a vida. Está no centro da Roda dos alimentos por estar presente em todos os alimentos. A água deve ser a bebida de escolha para satisfazer a sede.

Os chás sem teína (camomila, cidreira, de frutas, limão, tília…) são também uma forma saudável de consumir água, desde que não tenham açúcar. Evite sumos, néctares, refrigerantes e chás gelados com açúcar ou adoçante.

Beba água suficiente para satisfazer a sua sede. Cerca de 1,5 a 2 litros por dia.

Géneros alimentícios com excesso de açúcares, gorduras e sal

São pouco nutritivos e, por isso, não fazem parte da Roda dos Alimentos. Por terem muitas calorias e favorecerem o excesso de peso, devem ser consumidos apenas ocasionalmente, em dias de festa, e em pequenas quantidades. São exemplos destes géneros alimentícios:

  • Pipocas e fritos de pacote (snacks);
  • Bolachas recheadas;
  • Cereais açucarados, barras de cereais e iogurtes com muito açúcar;
  • Bolos;
  • Pães de massa doce, com recheios doces e croissants;
  • Rebuçados e gomas;
  • Chocolate, gelados e doces em geral;
  • Refrigerantes, sumos, leites aromatizados e outras bebidas açucaradas.

Se está a ganhar peso a mais, verifique se não são estes os culpados.

Porquê é tão importante ter uma alimentação variada?

Apesar de terem semelhanças em termos de nutrientes que contêm, cada alimento é um alimento. Por exemplo, os pimentos, a cenoura e os brócolos fazem parte do mesmo grupo, o grupo dos Hortícolas. Os Hortícolas são alimentos ricos em vitaminas e minerais. Os pimentos, a cenoura e os brócolos têm quantidades semelhantes de vitaminas como as vitaminas B1, B2 e B3 e de minerais como o fósforo, o magnésio, o ferro e o zinco. No entanto, os pimentos são mais ricos em vitamina C, as cenouras são mais ricas em vitamina A e os brócolos são mais ricos em cálcio.

Estas semelhanças e diferenças acontecem entre os alimentos de todos os grupos. Se comemos sempre os mesmos alimentos podemos ficar com deficiência de determinados nutrientes e até excesso de outros. É verdade. Alguns nutrientes podem ser prejudiciais para a sua saúde e a saúde do bebé se consumidos em excesso!

Para conseguir todos os nutrientes necessários, nas quantidades necessárias para o nosso organismo temos que variar, ou seja, consumir um pouco de tudo. Quanto mais colorida, mais variada e saudável é a alimentação. Com uma alimentação variada e saudável a mulher geralmente não necessita de comprimidos de vitaminas e minerais durante a gravidez, a não ser do ácido fólico e do iodo. Estes suplementos são recomendados durante a gravidez e mesmo antes de engravidar e devem ser prescritos pelo médico, que irá avaliar cada caso e verificar a inexistência de qualquer contraindicação.

Compreendeu porque é que é tão importante variar a alimentação? E garantir o consumo adequado de nutrientes não é o único motivo. Variar a alimentação também é importante para evitar consumir substâncias nocivas em quantidades capazes de prejudicar a saúde. Muitos alimentos contêm substâncias que fazem mal à saúde se forem consumidas em determinadas quantidades. São exemplos destas substâncias: pesticidas, antibióticos, mercúrio, hormonas, gorduras más, entre outras. Estas substâncias estão presentes em quantidades diferentes nos alimentos. Se durante a gravidez comer sempre os mesmos alimentos, poderá consumir estas substâncias em quantidades capazes de fazer mal à sua saúde e à saúde do seu bebé.Por exemplo, o peixe-espada-preto é um peixe que pode conter muito mercúrio. O mercúrio é tóxico para a sua saúde e principalmente para a saúde do seu bebé que está em formação. Se, ao comer peixe, optar sempre pelo peixe-espada-preto poderá colocar a sua saúde e a saúde do seu bebé em risco.

Mas não entre em pânico. Quase todos os alimentos terão coisas boas e coisas más. Variar é a chave para tirar o melhor proveito dos alimentos.

Todos os capítulos deste guia

Alimentação saudável na gravidez: um guia completo

Como utilizar a roda dos alimentos para ter uma alimentação saudável durante a gravidez?

Os 7 grupos de alimentos que compõem a Roda dos Alimentos e as suas porções

Quantas porções de cada grupo de alimentos devo comer diariamente durante a gravidez?

Como devo distribuir as porções de alimentos pelas refeições?

Quanta água devo beber? Posso comer doces? Como variar a alimentação?

Como deve ser o consumo de cereais, legumes, carne, laticínios e gordura?

Para mais informações consulte www.papabem.pt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.