A gala do último domingo do programa 'Big Brother - Duplo Impacto' ficou marcada pelo momento em que Ana Garcia Martins, 'Pipoca Mais Doce', ameaçou deixar o seu cargo de comentadora caso Joana Diniz não fosse repreendida devido a um alegado comentário homofóbico sobre Pedro Crispim.

A concorrente acabou por ser chamada a atenção e pediu desculpa em direto por ter referido durante um jogo que Crispim é "mais ou menos homem".

Quem ainda não tinha comentado o tema era Pedro Crispim, o principal visado na questão. Algo que veio a acontecer esta terça-feira, dia 12, no 'Extra' da noite.

"A mim não me belisca. Ela a mim não me magoou porque não a conheço de lado nenhum, como não conheço nem quero conhecer nenhum concorrente", afirmou o comentador, alertando porém para o facto de as palavras de Joana Diniz poderem "magoar quem está lá em casa".

"Acho lamentável haver este tipo de comentários dentro da casa", reforça, explicando que na sua opinião Joana Diniz e Helena Isabel Patrício deveriam ser ambas sancionadas pela forma como falam dos comentadores.

"Este comportamento que tem sido repetido da parte da Helena Isabel e da Joana Diniz em relação aos comentadores é completamente violento, gratuito e infundado", defende, por fim.

Veja aqui as declarações de Pedro Crispim.

Leia Também: Pipoca ameaça deixar o Big Brother em direto e Joana Diniz pede desculpa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.