Muito utilizado em sumos, gelados, iogurtes, infusões, cocktails e alguns doces, o maracujá é um fruto versátil e muito apetecível pelo seu carácer exótico.

Com uma polpa doce e ácida, carregada de pequenas sementes, este fruto é rico em potássio e vitaminas A e C.

O seu sumo é altamente refrescante e muito pouco calórico.

As flores do maracujá inspiraram
poetas, prosadores e historiadores, que viram nelas simbolizada a paixão de Jesus
Cristo. Em inglês, esta fruta chama-se passion
fruit (fruta da paixão), nome atribuído por missionários
espanhóis ao verem a flor durante
as festividades da Páscoa. Os franceses deram-lhe também o mesmo nome, fruit de la passion.

O maracujá adapta-se a solos
arenosos, limo-arenosos e argiloso-calcários. Prefere solos férteis com boa
quantidade de húmus e profundos com pH
entre 5,4 e 6,8. Todas as variedades florescem durante o Verão.
O maracujá amarelo é auto-estéril, isto é, precisa
de outra planta para haver polinização
cruzada, enquanto o maracujá roxo é auto-fértil.
Em ambos os casos a polinização só é
verdadeiramente conseguida por meio
dos insectos, como abelhas e vespas.

Técnicas de cultivo

Preparação do solo
Frese-o até
aos 25 centímetros de profundidade.

Multiplicação
Colha o fruto bem
maduro, deixe enrrugar e semear as
sementes contidas no seu interior no
alfobre. A semente germina em 15
dias.

Plantação
Deve ser feita a transplantação
no início do Outono, quando as
plantas tem 20 centímetros de altura, abrindo
covas com 40 centímetros de profundidade. O compasso recomendado é de 3,5 x 4,5 metros.

Amanhos

Tutoramento com estacas
de madeira grossa com 1,5 a 2 metros
de altura, colocando arames de 40 centímetros
a 40 centímetros.


Veja na página seguinte: A melhor altura para colher esta fruta

Poda, monda e rega

Para a poda, obtenha um ramo único
com ramificações a partir dos 70 a 80
centímetros.

A poda deve ser feita depois da frutificação,
cortando os ramos secundários
a 2 gomos.

A monda de ervas deve ser feita
manualmente ou utilizando um lança-chamas
a gás.Para o mulching, aplique uma camada
de palha, no Inverno para proteger a
planta. Regue por gotejamento (usando um sistema gota-gota) na
Primavera e Verão.

Colheita
Colha a partir de
meados do Verão e até ao fim do Outono, quando o fruto adquirir
a sua tonalidade final, como roxo ou amarelo. Espere que caia no chão ante de o apanhar. Não o retire directamente da árvore.

Produção
Começa a produzir entre os
9 e os 15 meses, sendo o segundo e terceiro anos os mais
produtivos. A planta pode ter uma vida
produtiva de 7 anos. Cada planta pode
produzir 200 a 400 frutos por ano e ter uma
produção de 12 a 30 toneladas por hectar.

Texto: Pedro Rau (engenheiro hortofrutícola)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.