Já comeu uma maçã hoje? Devia habituar-se a fazê-lo todos os dias! Além de preencher a quota de porções de frutos e vegetais que deve ingerir diariamente, estará a prevenir doenças. Não é à toa que há um ditado estrangeiro que, traduzido à letra, diz que uma maçã por dia mantém o médico longe e torna uma pessoa sadia. Anualmente, a 21 de outubro, celebra-se o Dia Internacional da Maçã, mas todas os dias são bons para as comer.

A maior parte das pessoas ignora os benefícios da maçã, um dos frutos mais baratos e acessíveis no mercado, para a saúde. Além de ser rica em fibras e pobre em calorias, esta fruta é uma boa fonte de antioxidantes e tem um efeito saciante. Para além disso, ingerir regularmente maçãs reduz em cerca de 27% o risco de vir a sofrer de síndrome metabólico, um problema muitas vezes associado a doenças cardiovasculares e à diabetes.

6 frutos silvestres que tem de passar a ingerir mais
6 frutos silvestres que tem de passar a ingerir mais
Ver artigo

85% da composição da maçã é água, o que faz deste fruto um alimento hidratante e refrescante, além de pouco calórico. Uma maçã de 150 gramas contém entre 60 e 75 calorias, pelo que é o snack ideal para as pausas alimentares a meio da manhã e a meio da tarde. Ingerida com regularidade, faz diminuir a absorção de colesterol e de lípidos pelo intestino, confirmaram também vários estudosinternacionais. Os benefícios deste fruto não se esgotam, todavia, aqui. As pessoas que incluem este fruto na sua alimentação têm 45% menos possibilidades de poder vir a sofrer de um acidente vascular cerebral (AVC).

Um estudo realizado pelo National Health and Nutrition Examination, desenvolvido entre 1999 e 2004 e posteriormente confirmado por outras investigações, assegura que as maçãs e os produtos à base deste fruto, como os sumos e as compotas, fazem baixar a pressão sanguínea. Um estudo alemão publicado em 2008 na revista Nutrition defende ainda que a maçã, quando ingerida regularmente, diminui o risco de cancro do cólon.

Muitos especialistas internacionais asseguram ainda que os nutrientes da maçã previnem o aparecimento do cancro do pulmão. Comer mais de duas maçãs por semana melhora a função respiratória e combate a incidência de asma e de infeções das vias respiratórias. Como se não bastasse, a maçã inclui dois tipos de fibras que ajudam a regular o trânsito intestinal. Ainda precisa de mais razões para aumentar o seu consumo quotidiano?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.