Está muito presente nas cozinhas, sobretudo na hora do tempero e do refogado. O louro pode fazer a diferença no sabor e no aroma. Mas há quem acredite que tem partes perigosas para a saúde.

A folha de louro é comumente utilizada para adicionar sabor a muito pratos, nomeadamente molhos, sopas, caldos, estufados, assados e ensopados, sendo depois removido antes do momento do consumo.

Isto acontece não porque a sua ingestão tem efeitos cancerígenos ou tóxicos, como se pensa, mas porque a folha de louro é de difícil mastigação e digestão.

Contudo, pelo contrário, a folha de louro é rica em compostos bioativos que têm propriedade anti-inflamatórias e antioxidantes que podem ajudar proteger o organismo da ação dos radicais livres e, consequentemente, de doenças crónicas como o cancro.

De facto, a folha de louro é um dos temperos utilizados e incentivados pelo padrão alimentar mediterrânico.

Um artigo da nutricionista Cristiana Brito do Hospital Lusíadas Amadora.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.