A vacina quadrivalente contra a gripe (QIV) acaba de receber a aprovação de comparticipação pelo Infarmed, anunciou a farmacêutica Sanofi Pasteur em comunicado.

Esta é a primeira e única vacina quadrivalente contra a gripe disponível na Europa com indicação para proteção passiva de bebés, desde o nascimento, até menos de 6 meses de idade após vacinação de mulheres grávidas.

8 grandes mentiras sobre vacinas que importa esclarecer
8 grandes mentiras sobre vacinas que importa esclarecer
Ver artigo

Sylvia Lin, General Manager da Sanofi Pasteur em Portuga, afirma que a "comparticipação da vacina quadrivalente permite agora alargar a proteção a mais pessoas, incluindo grávidas e crianças dos 6 aos 35 meses. Queremos contribuir para a melhoria da saúde pública pela redução do impacto anual da gripe, através da vacinação".

A vacina de quatro estirpes contra a gripe contém duas estirpes A (subtipos A/H1N1 e A/H3N2) e duas estirpes B (linhagens B/Victoria e B/Yamagata) do vírus da gripe.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a vacinação de: mulheres grávidas em qualquer fase da gravidez, crianças entre os 6 meses e os 5 anos, indivíduos com mais de 65 anos (sendo também aconselhado para indivíduos entre os 60 e os 64 anos), doentes crónicos e profissionais de saúde.

Além dos riscos que a gripe representa em mulheres grávidas, as crianças com menos de 2 anos têm uma probabilidade maior de ser hospitalizadas devido à gripe. A nova indicação reforça a importância adicional da vacinação para proteger estes grupos de risco mais vulneráveis.

A vacinação é reconhecida como a melhor forma de prevenir e reduzir os riscos de complicações grave em qualquer idade.

Saiba se tem as vacinas em dia
Saiba se tem as vacinas em dia
Ver artigo

A ocorrência de casos de influenza pode variar de ligeira a grave e até ser fatal. A gripe pode exacerbar doenças crónicas: aumentar de três a seis vezes a suscetibilidade de hospitalizações de pessoas com diabetes durante os surtos de gripe; aumentar em seis vezes do risco de Enfarte Agudo do Miocárdio (EAM) na semana seguinte ao diagnóstico da gripe; aumentar em três vezes o risco de AVC nos primeiros 15 dias após doença semelhante a gripe.

A prevenção através da vacinação contra a gripe pode também reduzir em 38% as hospitalizações por gripe em doentes com DPOC.

Segundo a OMS, a gripe afeta todos os anos 5% a 10% dos adultos e 20% a 30% das crianças1, sendo a vacinação anual a forma mais efetiva de prevenção contra a gripe sazonal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.