"Trata-se de uma criança regressada da China que foi encaminhada para o Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central. A unidade é o Hospital de Referência Pediátrico para estas situações", garante a diretor-geral da Saúde, Graça Freitas, na referida nota.

"A criança fica internada e serão realizadas colheitas de amostras biológicas para análise pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA)", informa a DGS. "Este comunicado será atualizado logo que seja conhecido o resultado destas análises", conclui.

Recomendações da DGS

A DGS acompanha a situação da expansão do novo coronavírus e recomenda:

  • Em Portugal, caso apresente sintomas de doença respiratória e tenha viajado de uma área afetada pelo novo coronavírus, as autoridades aconselham a que contacte a Saúde 24 (808 24 24 24). Caso se dirija a uma unidade de saúde deve informar de imediato o segurança ou o administrativo.
  • Evitar o contacto próximo com pessoas que sofram de infeções respiratórias agudas; evitar o contacto próximo com quem tem febre ou tosse;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes, com detergente, sabão ou soluções à base de álcool;
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir;
  • Evitar o contacto direito com animais vivos em mercados de áreas afetadas por surtos;
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);
  • Evitar o consumo de produtos de animais crus, sobretudo carne e ovos;
  • Seguir as recomendações das autoridades de saúde do país onde se encontra.

Este é o sétimo caso suspeito em Portugal. Os outros seis casos foram testados negativamente para o COVID-19. Além destes casos suspeitos, estão 20 pessoas em isolamento profilático há quase duas semanas no Hospital Pulido Valente, em Lisboa, devido ao novo coronavírus (2019-nCov), depois de terem sido repatriadas da China.

Deste grupo fazem parte 18 portugueses e duas brasileiras, que chegaram no passado dia 02 de fevereiro ao aeroporto militar de Figo Maduro, em Lisboa. Todos estiveram na cidade chinesa de Wuhan, capital da província de Hubei, epicentro do surto.

O grupo está em quarentena até domingo, tal como programado, mas ainda aguarda o resultado das análises sanguíneas desta sexta-feira. "À tarde vamos ter os resultados dos testes", disse Graça Freitas, que espera serem "negativos", já que os cidadãos se mantém "assintomáticos". O SAPO Lifestyle falou com Miguel Matos, um dos cidadãos repatriados, que detalhou o dia-a-dia do período de confinamento preventivo.

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, indicou que o plano de contenção de Portugal para o surto do novo coronavírus "tem um nível de preparação elevado" e que o país tem condições para lidar com possíveis casos positivos da doença.

Segundo o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), existem, neste momento, 35 casos confirmados na União Europeia (UE): 16 na Alemanha, 11 em França, três em Itália, dois em Espanha e um na Bélgica, na Finlândia e na Suécia. A estes acrescem, na Europa, nove casos no Reino Unido.

Veja em baixo o mapa interativo com os casos de coronavírus confirmados até agora

Se não conseguir ver o mapa desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, siga para este link.

Número de mortos continua a aumentar na China

A Comissão Nacional de Saúde da China reportou hoje 121 mortes, nas últimas 24 horas, pelo novo coronavírus, designado COVID-19. Com a adoção dos novos critérios de contagem de casos, os números subiram na quinta-feira e, apesar de permanecerem altos, houve uma pequena quebra no crescimento de casos esta sexta-feira.

As autoridades sanitárias da China anunciaram nesta sexta-feira (14) que o número total de mortos devido à epidemia COVID-19 é de 1.380, e não 1.483 como tinham divulgado anteriormente.

A Comissão Nacional de Saúde informou que constatou "estatísticas duplicadas" na província de Hubei, epicentro da epidemia, mas não revelou mais detalhes sobre o erro.

Estes são todos os países com casos confirmados de coronavírus
Estes são todos os países com casos confirmados de coronavírus
Ver artigo

As mesmas autoridades também removeram 1.043 casos de pacientes contaminados dos balanços de Hubei, após uma nova "verificação".

Com as 116 mortes verificadas em Hubei e outras cinco no resto da China nas últimas 24 horas, o número total de mortes no país é de 1.380, disseram as autoridades. Por conta desta revisão, o número de pessoas contaminadas na China continental é de 63.851, sendo que no início desta sexta-feira esse total ultrapassava 64.000.

Com a adoção dos novos critérios de contagem de casos, os números subiram na quinta-feira e, apesar de permanecerem altos, houve uma pequena pequena quebra no crescimento de casos esta sexta-feira. O novo método de contagem não exige mais um exame laboratorial que confirme a presença do coronavírus como um resultado positivo, já que agora uma radiografia pulmonar é o suficiente.

A modificação permite às autoridades de saúde mobilizar recursos mais rapidamente para oferecer tratamento às pessoas doentes.

O que é uma sala de pressão negativa e para que serve?

Veja a expansão do coronavírus em imagens

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.