A máscara vai passar a ser obrigatória em todos os espaços públicos fechados ou ao ar livre, incluindo praias e piscinas, mesmo que exista espaço para manter a distância física, segundo uma nova lei aprovada pelo Governo e publicada esta semana no Diário da República de Espanha.

Segundo a nova legislação, o uso de máscara só não é exigido a crianças com menos de seis anos, durante a prática de exercício físico e durante desportos individuais em espaços exteriores.

"Pessoas que apresentem algum tipo de doença ou dificuldade respiratória que possa ser agravada pelo uso da máscara" também são a exceção, bem como pessoas com falta de autonomia, alterações comportamentais ou deficiência física. A medida vigorará em todas as comunidades autónomas.

Apesar de haver diferenças entre as regiões, o uso de máscaras era obrigatório até agora apenas em espaços exteriores quando a distância em relação a outras pessoas fosse inferior a metro e meio.

Segundo dados divulgados ontem, Espanha registou desde sexta-feira 15.501 casos de COVID-19, elevando para 3.270.825 o total de infetados até agora no país, numa altura em que continua a tendência ascendente de novos contágios.

O Ministério da Saúde espanhol também contabilizou mais 189 mortes atribuídas à COVID-19, passando o total de óbitos para 75.199.

O nível de incidência acumulada (contágios) em Espanha teve um aumento significativo durante o fim de semana, passando de 139 (sexta-feira) para 149 casos ontem diagnosticados por 100.000 habitantes nos 14 dias anteriores.

As regiões com os níveis mais elevados são as de Madrid (255), País Basco (233), Catalunha (208), Astúrias (159) e Aragão (140).

Nas últimas 24 horas deram entrada nos hospitais em todo o país 680 pessoas com a doença (890 na sexta-feira), das quais 164 na Catalunha, 145 em Madrid e 97 na Andaluzia.

Por outro lado, aumentou para 8.076 o número de hospitalizados com a covid-19 (7.679), o que corresponde a 7% das camas, das quais 1.861 pacientes em unidades de cuidados intensivos (1.830), 19% das camas desse serviço.

Mais de 2,6 milhões de espanhóis já receberam as duas doses de uma das vacinas contra a COVID-19, num total de mais de 7,5 milhões de doses administradas, numa população total de cerca de 47 milhões de pessoas.

A pandemia de COVID-19 provocou, pelo menos, 2.784.276 mortos no mundo, resultantes de mais de 127 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.