Os três casos foram confirmados no estado de Johor, que faz fronteira com Singapura, explicaram.

Os indivíduos infetados são cidadãos chineses e familiares próximos de um homem de 66 anos que já tinha sido infetado com o vírus em Singapura.

A mulher e os seus dois netos foram rastreados e deram positivo, disse o ministro da Saúde da Malásia, Dzulkefly Ahmad.

Os três foram transferidos de Johor e estão atualmente em tratamento no hospital Sungai Buloh, no estado de Selangor.

O número de mortos devido ao novo coronavírus detetado na China aumentou hoje para 41, depois de 15 pessoas terem morrido na província de Hubei, informaram as autoridades locais.

De acordo com as autoridades chinesas, o número de casos confirmados é de 1.287.

As autoridades montaram uma operação de quarentena que vai cobrir 13 cidades na província de Hubei para tentar conter a propagação deste vírus.

O novo vírus foi detetado na China no final de 2019. Além do território continental chinês, estão confirmados casos em Macau, Malásia, Tailândia, Taiwan, Hong Kong, Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos e França.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.