No último dia, houve 12 mortes, em comparação com as nove de terça-feira.

Com os novos dados, o número total de casos no país desde o início da emergência sanitária, a 21 de fevereiro, é de 291.442 e os óbitos de 35.645.

O número de pacientes internados em Unidades de Cuidados Intensivos continua a aumentar e chega agora aos 207, os hospitalizados com sintomas são 2.285, enquanto mais de 38.000 infetados estão isolados em casa.

Atualmente, há portanto mais de 40.000 casos ativos no país.

A região da Campânia foi a que mais novos casos registou nas ultimas 24 horas, com 186, seguida da Lombardia e Véneto com 169 infeções cada, e de Lácio, cuja capital é Roma, com 165.

Segundo a Federação Nacional de Faculdades de Medicina (Fnomceo), desde o início da pandemia em Itália, 177 médicos morreram.

A federação começou a publicar a lista dos profissionais falecidos em março, que se vem alongando e incluiu médicos no ativo, aposentados e os aposentados que voltaram ao serviço devido à emergência pandémica.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 936.095 mortos e mais de 29,6 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.