O stress da vida actual está na base de mais de 65% das doenças que afectam as pessoas no mundo actual, e tem efeitos profundos a nível do corpo, mente e emoções. Os princípios da Física Quântica aliados às bases da medicina Tradicional Chinesa podem dar uma ajuda na resolução da maior parte dos desequilíbrios, estando também ao serviço da estética.

As alergias, asmas, úlceras, problemas de coração, gastrointestinais, insónias, debilidades imunológicas, para além da capacidade de atenção, controlo mental e equilíbrio emocional, interagindo com os sistemas energéticos na aura e chackras, são um conjunto de variáveis que dificilmente se equilibram ao tratar uma questão isoladamente.

O equilíbrio Corpo/Mente e as implicações energéticas e neuro-emocionais, são um dado adquirido nesta "era do cérebro". Assim, hoje sabemos as ligações a cada órgão e pautas emocionais de cada vértebra na coluna, ou as digestões emocionais difíceis, que se manifestam em problemas de estômago, ou ainda as questões de auto-imagem reflectidas em problemas de pele e outras alergias.

Os princípios da Física Quântica aliados às bases da MTC - Medicina Tradicional Chinesa - Ayurveda e Medicina Convencional, contam hoje com o apoio das mais modernas tecnologias, algumas provenientes dos estudos de especialistas da NASA.

Assim, permitem o planeamento e avaliação – bases de diagnóstico assistido por computador – associados a uma rapidez e eficácia, que as terapias energéticas e integradas (holísticas) sempre ambicionaram desde os primeiros equipamentos, que mediam só um parâmetro como a Resistência Eléctrica – e dependentes da perícia do terapeuta, nos primórdios de VOLL e da Biorressonância.

Teste, diagnóstico e terapia
No corpo humano cada órgão, sistema ou elemento, sejam eles tecidos, hormonas, vírus, bactérias, fungos, alergénos ou homeopáticos tem uma frequência electromagnética única, que os tornam inconfundíveis nos receptores sensoriais de cada pessoa.

Uma forma de "impressão digital energética" exclusiva e universal, que permite enviar esta informação ao corpo electromagnético de cada ser humano e medir objectivamente a sua Reactividade Electro Fisiológica – REF –, base do funcionamento destes sistemas.

Depois de uma calibração do corpo eléctrico da pessoa a tratar, esta tecnologia mede os níveis de vitaminas, aminoácidos, nutrientes, alimentos, minerais, enzimas, açúcares naturais, toxinas, níveis hormonais, tónus muscular, doenças, bactérias, bolores, fungos, vírus, bem como o estado de saúde e o equilíbrio dos órgãos internos.

Depois de comparados, estes valores com uma "norma", em alguns casos, acrescenta-se frequências, e noutros casos pode-se invertê-las para, ou reforçar, ou contrapor às ressonâncias próprias do corpo e órgãos, reequilibrando sistemas, eliminando patogenias, enviando estímulos de homeopatia energética, dessensibilizando alergias, e regenerando tecidos.

Saiba mais na próxima página

Recolha de informação
As funções deste tipo de equipamentos são similares às de um programa anti-vírus de um computador. Detectam debilidades como vírus, deficiências nutritivas, alergias, e sensibilidade aos alimentos, ao calcular a sua reactividade biológica e a ressonância no seu corpo.

Esta informação permite identificar as possíveis necessidades, disfunções e vulnerabilidades. Ela é inevitavelmente diferente da fornecida por testes médicos mais estandardizados (e.g. análises de sangue, radiografias), porque se baseia no seu corpo energético, o qual oferece uma visão mais completa de cada aspecto da saúde.

Basicamente, revelam qualquer coisa que tenha um efeito negativo na saúde, e no bem-estar a quatro níveis:

1. Físico (Multiparamêtros)
2. Emocional (scanner emocional e ligações corpo-mente)
3. Mental (pautas mentais que afectam a saúde e o bem-estar)
4. Energético (análise dos corpos energéticos subtis, aura e chacras)

A Biorressonância e o Biofeedback
São as disciplinas desta “medicina” do futuro, e baseiam-se em terapias assentes nos campos de informação e energia, que organizam o funcionamento celular, e que correspondem segundo os seus teóricos aos campos electromagnéticos, que representam os padrões da actividade bioquímica.

Chegamos assim a uma autêntica medicina da informação ou de consciência. Cada organismo, célula, elemento ou órgão, possui uma frequência electromagnética única e identificável. São as perturbações no campo electromagnético do corpo que ao fim de certo tempo geram alterações e manifestam-se em seguida a nível de modificações bioquímicas.

Quando o campo magnético está em ordem, o corpo está saudável. A ressonância é assim o mecanismo biológico e físico através do qual as frequências induzidas afectam sistemas físicos desequilibrados. A relação harmoniosa dos órgãos e sistemas do corpo humano, e seus campos energéticos cria a capacidade, por um lado, e a necessidade por outro, das terapias de reequilíbrio integral.

De facto, a acção directa sobre o corpo a partir da química molecular dos actuais medicamentos, gera efeitos secundários que na medicina energética não existem, pois actua-se a partir dos níveis mais subtis.

Saiba mais na próxima página

Esta actuação a nível dos campos de informação celular, que considera o corpo como um sistema de recepção, processamento e emissão de informação, permite considerar a unicidade dos diferentes tipos de tratamentos: químicos como os anti-inflamatórios, mecânicos como as massagens, eléctricos como o laser ou a electroacupunctura, ou verbais como afirmações, todos produzem efeito similar no final.

Estas terapias para além de serem integradas (ou Holisticas) intervêm nos quatro níveis de cura, desde os mais subtis aos mais "sólidos": o nível de informação ou consciência, o nível energético, emocional, e o nível físico.

A inter-relaçäo entre o corpo físico e o corpo subtil, é controlado por uma força central chamada "força vital" ou Chi, ou Prana, segundo as tradições orientais, e segundo a primeira lei da Medicina Energética: "ao modificar a energia, modificamos a sua manifestação na massa".

A Biorressonância e o Biofeedback têm uma acção comparada à da Homeopatia que desde o início do Século XIX actua sobre a informação que leva o sistema corporal ao seu equilíbrio harmonioso, sem se basear em activos.

Da mesma forma, podem-se efectuar diagnósticos: os aparelhos analisam a reactividade electrofisiológica do corpo ao enviar-lhe as frequências de determinadas substâncias como alergénos, metais pesados, vírus, entre outros.

Aplicações na estética
As aplicações nas áreas do antienvelhecimento, da estética e da beleza, a par dos desenvolvimentos na área neuro-emocional, estão a concentrar os mais recentes esforços de investigação e desenvolvimento neste domínio, uma vez que permite de uma forma rápida objectiva e integrada entender e intervir nos componentes dos processos de rejuvenescimento.

As crianças podem beneficiar destas terapias?
São instrumentos excepcionais para utilizar em crianças, devido à sua dificuldade em geral para comunicarem verbalmente o que sentem. Uma sessão poderá revelar intolerâncias alimentares e toxicidades, questões que estão na base de défices de atenção, comportamentos fora do normal, ou emoções descontroladas.

Terapias associadas
● Electro-acupunctura
● Dessensibilização alérgica
● Desintoxicação
● Coluna, dental e TMJ
● Programação neuro linguística
● Terapias de reequilíbrio emocional
● Reflexologia e cranio-sacral
● Equilíbrio nutricional
● Embelezamento, anti-ageing
● Redução de stress
● Homeopatia
● Terapia floral
● Cromoterapia
● Iridiologia
● Análise da aura e equilíbrio dos chackras

Fotografia: ©V. Yakobchuk – Fotolia.com
Agradecimentos: J. J. Lupi, terapeuta; Academia Ibero-Americana de Terapias Quânticas

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.