Por vezes, é muito difícil concretizar um treino extenuante se estamos sozinhos. Sobretudo quando está mais frio e escuro. Contudo, treinar com um ou mais amigos, com familiares ou até com colegas de trabalho, abre-nos um novo leque de possibilidades para nos motivarmos. Um colega de treinos pode ajudar-nos a resistir e a alcançar as nossas metas, independentemente de nos parecerem bem longe ao princípio. Compartimos consigo cinco boas razões para fazer exercício com os seus amigos:

1. Mais motivação e menos desculpas

Segundo os psicólogos, a prática do exercício com amigos influenciam a motivação pessoal. Ter horários de treino regulares com amigos ajuda a comprometer-se e concluir a sua rotina. As possibilidades de preferir o sofá a uma sessão de treino são muito menores neste caso, já que não vai querer cancelar os seus planos com amigos só porque não lhe apetece, certo?

Psicólogos da Universidade de Stony Brook em Nova Iorque provaram que a prática de exercício com a família e/ou amigos influencia a motivação pessoal. Testes demonstraram que a motivação dos que nos são próximos nos anima a fazer mais desporto. Vista, por isso a sua melhor roupa para o efeito e calce um bom par de sapatilhas e corre com os seus amigos pelo parque mais próximo.

2. Os treinos são mais divertidos

Há muitos momentos dos treinos que, na realidade, não têm muita graça se não tivermos com quem os compartir. Uma forma de aumentar o factor diversão passa por encontrar ideias novas para modificar os exercícios de forma que os vossos circuitos juntos sejam mais interessantes.

Há uma série de formas de dar a volta ao plano de treino. As ideias mais divertidas aparecerão quando se puserem a pensar nisso. Estas mudanças farão com que o tempo passe a voar e quando derem conta, passou uma hora!

3. Animam-se mutuamente

Se está a ponto de desistir, um colega de treino pode ser realmente importante, porque irá ajudá-lo a reconstruir a sua motivação. Um desafio desportivo entre amigos irá ajudá-los a motivarem-se mutuamente superando os seus limites. Em Inglaterra, levou-se a cabo um estudo sobre hábitos desportivos entre mulheres que concluiu que 64% das mulheres que treinam com as suas melhores amigas têm mais probabilidades de levar ao limite os seus treinos comparativamente às que treinam sozinhas.

4. O desporto une as pessoas

Sabia que mais de 40% dos participantes de aulas de fitness desistem de fazê-las quando as começam sozinhos? Porém, quando as começam com amigos, a taxa cai para os 6%, o que sugere que uma das melhores razões para treinar com amigos seja a interação social. Quem treina em conjunto cria uma identidade de grupo deixando de se sentir só.

Claro que ter êxito sozinho é incrível, mas comparti-lo com amigos que que testemunharam o seu esforço é muito melhor. E se as coisas não saem como planeado? O que importa? Se um amigo lhe der uma palmadita nas costas pode ser que veja o copo meio cheio.

Estes gestos tão simples criam uma conexão muito especial entre as pessoas. E são estas experiências que as unem e fazem com que as amizades sejam ainda mais duradouras.

5. Os que treinam unidos tendem a manter-se unidos

Os amigos são importantes mas, segundo muitos especialistas, também deveria planear treinar com a sua cara-metade. Alguns estudos têm demonstrado que os casais que treinam juntos de forma regular são mais felizes. Treinar juntos fortalecerá a relação e aumentará a atração sexual. Uma corrida matinal, uma ida ao ginásio à noite ou um passeio de bicicleta ao fim de semana pode ajudá-los a subir a temperatura. Não será razão mais que suficiente para treinar a dois?

Texto: Eva Falcão

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.