Na sub-região de Monção e Melgaço, onde a casta Alvarinho é rainha, a cultura da vindima é um verdadeiro acontecimento cultural, celebrado em família e em comunidade.

Marcada pela agricultura de minifúndio, a sub-região caracteriza-se pela diversidade do território e identidade das suas gentes: pequenas parcelas, detidas por famílias, que delas cuidam com o conhecimento e experiência de gerações dedicadas ao vinho e que têm nas vindimas um verdadeiro ritual de festa e tradição.

Em Melgaço, o Soalheiro, que desde 1974 se dedica à produção de Alvarinho, apresenta-se como um projeto familiar, liderado pelos irmãos Luís e Maria João Cerdeira, ao lado da mãe Palmira, que se estende a mais de 150 famílias, que fazem parte do Clube de Produtores. Na altura das vindimas, cada família entrega as suas uvas, que estão na base dos vinhos Soalheiro.

Uma tradição que o Soalheiro convida a conhecer e a experienciar através da sua oferta de enoturismo. Desde a visita às vinhas, onde acontece a colheita manual das uvas, passando pelo acompanhamento do trabalho na adega até às provas de vinhos e petiscos, são vários os pretextos para descobrir o território do Alvarinho.

Descobrir o Minho à boleia dos vinhos Alvarinho com provas, almoços e visitas às vinhas
créditos: Soalheiro

Durante a vindima, o Soalheiro inclui em todas as provas de vinho a prova do mosto de Alvarinho. O mosto é o sumo resultante da prensagem das uvas que, como ainda não aconteceu a fermentação, não contém álcool, sendo por isso uma experiência dirigida tanto aos apreciadores de vinho como às crianças, sendo o acesso gratuito até aos 18 anos.

A oferta de enoturismo, renovada para o verão de 2021, oferece uma diversidade de experiências, desde provas de vinhos e infusões, harmonizações gastronómicas com produtos de típicos da região e alojamento.  Começando sempre com uma visita às vinhas, em regime de produção biológica, adega e cave de inovação, existem seis opções de provas, a desfrutar no terraço panorâmico do Soalheiro – Clássica (6 euros), Origem (15 euros), Nature (20 euros), Fusion (35 euros), Premium (65 euros) e Infusões (15 euros), que inclui acompanhamento de produtos típicos da região - queijo Prados de Melgaço, compota da Quinta de Folga e Mel do Zé.

Nas experiências gastronómicas, é possível degustar uma tábua de queijos, enchidos e outros produtos locais (15 euros por pessoa; mínimo duas pessoas) ou optar pela refeição ligeira (25 euros por pessoa; mínimo de quatro pessoas), servida no telheiro e que inclui tábua com fumeiro de porco bísaro, criado em regime de produção ecológica, da Quinta de Folga, tábua de queijos de cabra da queijaria Prados de Melgaço, salada da horta biológica do Soalheiro, sobremesa com queijo fresco, mel e compota, água e café.

Vindimas no Alto Minho, a oportunidade para conhecer a região a pretexto de experiências em torno do vinho
créditos: Soalheiro

Para grupos, o Soalheiro disponibiliza ainda a possibilidade de almoço na Quinta da Folga (61,50 euros por pessoa), propriedade vizinha, produtora de fumeiro e onde se plantam infusões, legumes biológicos e Alvarinho. No interior ou no terraço panorâmico da casa é possível desfrutar de uma seleção de iguarias regionais, preparadas cuidadosamente pela D. Zira, cozinheira e zeladora da quinta.

Outra das novidades desta temporada é o kit “À Descoberta do Território” (25 euros), que reúne todos os essenciais para uma aventura pelas paisagens que compõem o retrato da margem sul do rio Minho. O kit inclui uma garrafa de Soalheiro Clássico com uma manga que a vai manter fresca, um saca-rolhas, dois copos, um queijo da Prados de Melgaço. O pack é acondicionado num saco Soalheiro, com uma particularidade: o bolso é feito com um tecido alternativo ao couro, produzido com resíduos da uva Alvarinho da vindima no Soalheiro. Como complemento, inclui um voucher para uma visita com prova de vinhos, para duas pessoas, para desfrutar na varanda panorâmica da adega da Quinta de Soalheiro.

Com quatro horários de visita por dia, o enoturismo do Soalheiro está aberto todos os dias da semana, priorizando os grupos pequenos. As reservas para as experiências de enoturismo do Soalheiro podem ser feitas diretamente através do site, telefone (251 416 769) ou e-mail (enoturismo@soalheiro.com).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.