Fábio Gomes, ex-participante da última temporada do "Masterchef Portugal", assina agora, ao lado de João Fragoeiro, chefe residente, os novos pratos do restaurante D. Afonso o Gordo, em Lisboa.

O percurso profissional de Fábio não o encaminhava para a gastronomia, mas, inevitavelmente, foi lá parar. A curiosidade pela forma como os ingredientes são trabalhados, da confeção à técnica, sempre existiu, não tivesse sido a cozinha o seu “recreio” na infância e a avó-cozinheira a sua referência. Mas, com a cabeça na gestão, esse interesse foi ficando para segundo plano.

Nas cavalariças que foram do Marquês a homenagem à mesa faz-se a Afonso, "O Gordo"
Nas cavalariças que foram do Marquês a homenagem à mesa faz-se a Afonso, "O Gordo"
Ver artigo

Para os pratos que agora assina no D. Afonso o Gordo, Fábio Gomes invocou as suas memórias de infância. A avó, natural de Angola, tinha um restaurante no bairro lisboeta da Graça e era aí que, em pequeno, Fábio passava grande parte do seu tempo, enquanto a mãe trabalhava neste negócio familiar. João Fragoeiro apurou a técnica para, juntos, trazerem novos pratos ao D. Afonso o Gordo.

Nesta revisão do menu, os sabores de toda a carta foram trabalhados. Exemplo disso, é o facto de a mistura de pimentas que tempera o Leitão à Bairrada ser agora comprada a peso e moída em casa, de forma a extrair o máximo sabor desta especiaria.

No restaurante D. Afonso o Gordo a nova carta traz do tradicional carapau frito ao singular doce de leitão
créditos: Amuse Bouche

Nos pratos novos – as “sugestões do chef” -, há carapau frito com arroz de tomate (14,00 euros), panado em panko, ensopado de borrego (16,00 euros), feito no forno do leitão, a baixa temperatura; robalo, puré de cenoura e gengibre (17,00 euros), uma opção que foge ao tradicionalismo da cozinha portuguesa, mas não à portugalidade dos ingredientes; Bacalhau à Brás (14,00 euros), com ovo a baixa temperatura e azeitona desidratada; bochecha de vaca estufada com puré de grão (14,00 euros); perna de pato confitada (17,00 euros) com arroz de enchidos, marinada a vácuo por 24h00 e cozinhado no forno durante a noite; e risoto de leitão, um prato criativo que surgiu da necessidade de evitar o desperdício desta carne.

Restaurante Dom Afonso O Gordo

Santo António da Sé nº 18, Lisboa

Horário: Todos os dias das 12h00 às 24h00

Contacto: Tel. 965 872 132

Também nas sobremesas há novidades de autor: "doce de leitão" (8,5 euros), assim nomeada por se assemelhar à pele crocante do porco, feito de bolo de laranja, chips de maçã verde, caramelo e gelado de pimenta; pastel de nata (6,50 euros), uma tarte de nata com gelado de canela; e arroz doce com texturas de canela (4,00 euros).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.