A Brasserie de L’Entrecôte só serve um prato: o Entrecôte, com um molho especial de 18 ingredientes, feito à base de ervas aromáticas, mostarda “Dijon” e finas especiarias.  Mas, para acompanhar a carne e a salada de folhas de alface e rúcula, nozes e molho vinagrete que a antecede, há diversos vinhos. Os melhores são escolhidos entre as principais regiões do país e nascem de projetos inovadores, onde a motivação e história por trás do vinho são uma das principais alavancas do negócio.

A mais recente aposta é o Soalheiro 9% Alvarinho Dócil. Um vinho verde suave, com apenas 9% de álcool, pleno de acidez e com um toque de doçura, ideal para o início de refeição. Com notas cítricas e tropicais da casta Alvarinho e com um equilíbrio de acidez e doçura invulgares, o Soalheiro Alvarinho nasce na região de Melgaço, na Quinta do Soalheiro, uma empresa familiar que alia a paixão pelo vinho ao gosto pela terra.

Além do Soalheiro, a nova carta de vinhos contém uma oferta variada, com o intuito de ir ao encontro das necessidades dos vários perfis de consumo de clientes. As características dos vinhos, como as castas, a acidez e os aromas são selecionados tendo em conta não apenas as atuais tendências de consumo dos clientes, como as tendências sociais. Vinhos “Frescos, Sociais e Frutados”, “Gulosos, Surpreendentes e Ecléticos” e “Estruturados, Macios e Pessoais” estão entre as 14 opções constantes na nova carta.

Na primeira categoria incluem-se vinhos brancos e rosados, destinada a clientes apreciadores de vinhos com personalidade, com destaque para o Vale da Capucha, novo vinho da região de Lisboa, e para a representação da região da Bairrada, através do Filipa Pato -Bical & Arinto.

Nas outras categorias, destaque para o Euphoria, o primeiro vinho algarvio a integrar esta ementa, produzido na Quinta Mata Mouros, na zona de Silves; e o Mil Reis, um vinho monovarietal, da Herdade da Maroteira - a mesma casa do Cem Reis, já antes residente na ementa.

Outro vinho a merecer a atenção é o “Pedro e Inês”, nascido na Quinta de Cabriz, na região do Dão. Como homenagem ao romance entre D. Pedro e Dona Inês de Castro, caracteriza-se pela índole da majestosa casta Baga, com a brandura e exuberância aromática da casta Alfrocheiro, duas castas portuguesas que fazem a analogia à história de amor mais conhecida de Portugal.

Atualmente, existem cinco restaurantes da marca: no Chiado, na Marina de Cascais, nas Amoreiras, no Parque das Nações, em Lisboa; e outro na Foz, no Porto.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.