O movimento nacional solidário “Sopa para Todos” conta, desde novembro último, com o apoio de sete chefes nacionais, que se juntam a esta causa através da criação de uma receita de sopa de autor, com produtos locais e com valor nutricional e de fácil execução. Os chefes em causa, não só vão partilhar as suas receitas com o público, como os seus restaurantes passam a ser aderentes do movimento que reúne mais de 120 estabelecimentos em todo o país.

Sopa para Todos” é um movimento nacional que consiste em ajudar a reerguer a restauração ao mesmo tempo que ajuda a combater carências alimentares em Portugal. O conceito base consiste em pagar uma sopa num estabelecimento aderente local e quem precisa pode ir levantar essa sopa de forma gratuita.

Provenientes de várias regiões do país e com influências diversas, os sete chefes de cozinha que agora se juntam ao movimento de forma a dar-lhe mais visibilidade e ao mesmo tempo contribuírem de forma ativa nesta ação de sensibilização criaram diversas receitas de sopas.

Desta forma, a chefe Nikita Polido partilha a sua Sopa de cavala, peixe típico da região de Sesimbra onde está localizado o Celmar, restaurante do qual é responsável. O chefe Guilherme Ferreira (La Lombonera Steakhouse), apresenta a sua receita da Sopa de rabo de boi e o chefe Hugo Guerra (Lobo Mau Restaurante), ensina-nos a fazer a “Sopa da minha mãe”. A este leque juntam-se ainda a chefe Noélia Jerónimo (Restaurante Noélia), o chefe Óscar Geadas (G Pousada – uma Estrela Michelin; Contradição Gastrobar e atual jurado do “Masterchef Portugal”), a chefe Inga Martin (chefe consultora e food stylist) e o chefe João Diogo Mendes (Mãe Restaurante).

Segundo as palavras de Nikita Polido, que deu o “pontapé de saída” desta nova fase do “Sopa para Todos”, “participar neste movimento assume uma importância fundamental na minha vida, quer do ponto de vista pessoal, quer profissional. Contribuir com as minhas mãos, cozinha e equipa para trazer algum conforto às pessoas que estão, neste momento, a passar algum tipo de dificuldade é, antes de mais, contribuir para uma sociedade mais justa e equilibrada. Que seja um movimento que se multiplique e consiga animar as famílias num momento menos bom das suas vidas”.

Esta iniciativa, desenvolvida em parceria com a agência de comunicação Creative Minds e com a plataforma digital The Up Food, tem como propósito dar visibilidade ao movimento nesta época natalícia, incentivando as pessoas a contribuir em dinheiro ou em géneros num dos restaurantes aderentes.

Criado em fevereiro de 2021, o “Sopa para Todos” está prestes a atingir o número de 50 mil sopas doadas. Ana Baião, mentora do movimento, mostra-se confiante: “é muito importante para projetos como este, de responsabilidade social, obterem toda a ajuda possível. Nos tempos que vivemos, acreditamos que uma sopa pode fazer diferença e agora, com este reforço na comunicação, vamos ser capazes de chegar mais longe”.

Os interessados podem juntar-se ao grupo criado no Facebook.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.