Quatro ingredientes que podem ser utilizados sozinhos ou como base para os mais variados molhos, enriquecendo as nossas refeições: azeite, iogurte, limão e vinagre.

1. AZEITE

O azeite é, provavelmente, o “tempero” mais comum nas nossas mesas.

Integrando a dieta mediterrânea, o azeite é a gordura mais saudável que, salvo indicação médica em contrário, deve fazer parte do nosso dia-a-dia.

Rico em vitamina D e E, ácidos gordos e propriedades antioxidantes, os benefícios desta gordura 100% natural (quando utilizada com moderação), não inúmeros.

Devemos optar por azeite de qualidade, extra virgem e com pouca acidez.

Portugal tem azeites de qualidade irrepreensível, premiados e distinguidos mundialmente, nos quais vale a pena apostar.

Podemos utilizar azeite em cru (por exemplo, para finalizar a sopa do bebé ou temperar uma salada), como parte de um prato cozinhado ou como base para um molho.

Azeites aromatizados

Já tinha partilhado algumas sugestões de azeite aromatizado que podem fazer em casa aqui.

Uma sugestão fácil e económica que nos permite perfumar os variadíssimos pratos.

Os melhores molhos para este verão. E não é que são saudáveis?

Molho de tomate e manjericão

Tomate coração-de-boi bem maduro, manjericão fresco e azeite são os ingredientes “secretos” para um molho TOP que pode ser utilizado, por exemplo, para temperar massas, como molho base para um pizza caseira ou para acompanhar pão torrado.

Clique na imagem para produzir uns saborosos Palitos de pão caseiro com azeite e orégãos e DIP de tomate com manjericão.

Palitos de pão caseiro com azeite e orégãos e DIP de tomate biológico e manjericão

2. IOGURTE

A versatilidade do iogurte é inquestionável.

Simples, como base para molhos, pratos salgados e sobremesas, as possibilidades de utilização deste ingrediente encontram o limite na nossa imaginação.

Se preferir um molho mais consistente e cremoso, utilize como base um iogurte grego natural.

Adicione ervas frescas, pimentas e outras especiarias e consegue vários molhos TOP em “dois segundos”.

Cá em casa, estas são as “variantes” do molho de iogurte mais recorrentes para temperar/acompanhar pratos de aves (por exemplo, peitos/bifinhos de frango grelhados), vegetais crus (palitos de cenoura, aipo e pepino) ou garantir um “toque final” numa sopa especial.

Sugestões de receitas:

Molho de iogurte com manjericão

1 iogurte grego natural

4 a 5 folhas de manjericão fresco

Flor de sal q.b.

Pimenta preta moída na hora q.b.

Numa taça, colocar o iogurte e bater, ligeiramente, com uma vara de arames.

Picar, finamente, o manjericão e adicionar ao iogurte misturando bem, com a vara de arames, até obter um molho homogéneo.

Temperar com flor de sal e pimenta preta moída na hora a gosto.

Molho de iogurte com hortelã

1 Iogurte grego natural

4 a 5 folhas de hortelã fresca

1/2 limão

1/2 alho picado

Flor de sal q.b.

Pimenta preta moída na hora q.b.

Numa taça, colocar o iogurte e bater, ligeiramente, com uma vara de arames.

Picar, finamente, a hortelã.

Com um espremedor de citrinos retirar o sumo de 1/2 limão.

Adicionar a hortelã picada, o sumo e raspa do limão e o alho picado ao iogurte e misturar, com a vara de arames, até obter um molho homogéneo.

Temperar com flor de sal e pimenta preta moída na hora a gosto.

3. LIMÃO

Já tinha partilhado aqui os vários benefícios da utilização do limão na nossa alimentação.

Começo o dia com água com limão e sou fã desta limonada com lúcia-lima.

Umas gotas de sumo e raspa de limão são o “segredo” para perfumar uma salada, temperar pratos de peixe ou aves.

Clique na imagem para produzir este Salmão em papelote aromatizado com limão

Os melhores molhos para este verão. E não é que são saudáveis?
créditos: Copyright 2016. All rights reserved.

4. VINAGRE

De “mãos dadas” com o azeite, o vinagre surge como um dos principais elementos para perfumar os mais variados pratos: saladas, pratos de carne, peixe e até sobremesas.

Como não tem gordura nem açúcar (exceto o vinagre de Modena), tem um valor energético baixo apresentando-se como uma opção saudável para diferenciar os pratos mais convencionais.

Hoje em dia, a gama de vinagres disponível do mercado vai muito mais além do que o tradicional vinagre de sidra, de vinho (branco ou tinto) ou balsâmico.

Encontramos, por exemplo, vinagres de espumante ou de framboesa que funcionam lindamente em sobremesas.

O vinagre, tal como o azeite, é muito versátil e pode ser utilizado sozinho ou como base para diversos molhos.

Cá em casa, este vinagrete de mel é um dos molhos mais utilizados para temperar saladas nos dias quentes de verão.

Sugestão de receita: A utilização de umas gotas de vinagre balsâmico nesta salada de coelho bravo é um dos segredos da minha avó que garante o sucesso deste prato de caça.

Os melhores molhos para este verão. E não é que são saudáveis?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.