Os erros de segurança alimentar mais comuns relacionam-se com a refrigeração inadequada, uma higiene deficiente, a contaminação cruzada entre alimentos ou o incumprimento dos tempos de cozedura.

Eis algumas regras simples para evitarmos a doença:

Frio até ao momento de cozinhar

Mantenha os alimentos congelados ou no frio até à altura de cozinhar. Nas compras, estes devem ser os últimos artigos a entrar no carrinho, devem ser transportados em sacos próprios e deve ser os primeiros a ser armazenados no congelador/frigorífico.

Passou o prazo de validade? Provavelmente ainda está bom e evita o desperdício alimentar
Passou o prazo de validade? Provavelmente ainda está bom e evita o desperdício alimentar
Ver artigo

Mãos sempre limpas

Lave as mãos sempre que começar a cozinha e sempre que mudar de tarefas (por exemplo, fazer a salada/temperar a carne). Retire anéis e pulseiras e esfregue bem as palmas das mãos e entre os dedos. Mantenha as unhas curtas e limpas.

A doença não entra na cozinha

Se está com febre, constipação, gripe, vómitos ou diarreia, afaste-se da cozinha ou arrisca-se a espalhar a doença por toda a família. Se tiver mesmo de cozinhar, coloque uma máscara sobre o nariz e boca para não contaminar os alimentos.

Carne, um dos grandes perigos

Uma carne mal cozinhada, principalmente de porco, é meio caminho andado para intoxicação alimentar. Garanta que as carnes atingem a temperatura adequada no interior da peça, respeite os tempos de cozedura. O calor é a única forma eficaz de destruir eventuais germes, enquanto o frio apenas impede o seu crescimento.

Superfícies de trabalho impecáveis

A superfície e os instrumentos de trabalho, como tábuas, mesas, facas e colheres de pau, por exemplo, devem estar impecavelmente limpas e em bom estado. A lavagem a alta temperatura e o uso de detergentes antibacterianos é uma forma de garantir a higiene.

Evite contaminações cruzadas

Para evitar contaminações cruzadas, mantenha os alimentos crus (ex.: alface) dos cozinhados (ex. frango) até chegar a hora de empratar. Tenha uma tábua para cortar os vegetais, outra para a carne e outra para o peixe. O investimento vai compensar numa saúde de ferro.

Cozinhar no momento do consumo

Prepare os alimentos o mais próximo possível da hora da refeição. Assim preserva melhor os nutrientes e o sabor, ao mesmo tempo que evita contaminações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.