“A melhor massa de piza de sempre”

Pede alguma paciência mas compensa (em alternativa encontra nos lineares as massas já preparadas)

Misture três chávenas e um quarto de farinha tipo 65, duas colheres de chá de sal marinho fino e um quarto de colher de chá de fermento de padeiro seco (tipo Fermipan).

Adicione aos poucos uma chávena e meia de água. Mexa e incorpore bem. Misture a massa com as mãos formando uma bola tosca. Transfira para uma taça grande e limpa. Cubra com película aderente e deixe a massa crescer e duplicar de tamanho em local sem corrente de ar (cerca de 18 horas, exige paciência, não vale espreitar).

Posto isto passe a massa para uma superfície enfarinhada e dê-lhe uma forma retangular, dividindo-a em quatro partes iguais. Em cada uma, reúna os quatro cantos para o centro para criar quatro dobras. Vire o lado da emenda para baixo e molde suavemente uma bola.

Polvilhe a massa com farinha e reserve. Deixe a massa descansar, coberta com película aderente ou um pano de cozinha húmido, até ficar macia e maleável, cerca de uma hora.

Mantém-se três dias no frio.

(Fonte: Blogue “My Common Table”)

A melhor massa de piza de sempre

Molho de tomate para piza

Descasque e pique uma cebola e um dente de alho. Refogue-os em duas colheres de sopa de azeite. Junte 400 g de tomate pelado (pode ser de lata) aos pedaços. Ferva em lume brando 15 minutos (não tape o tacho).

Molho de tomate, fácil e delicioso
Molho de tomate, fácil e delicioso
Ver receita

Nessa altura, tempere com uma colher de chá de açúcar, uma pitada de sal, uma folha de louro e pimenta moída. Coza mais dez minutos.

Junte meia colher de chá de manjericão e meia colher de chá de orégãos.

Mantenha a cozedura mais dez minutos, sempre em lume brando. Junte duas a três colheres de chá de concentrado de tomate, mexendo bem.

Está pronto quando o molho se apresentar espesso. Retire a folha de louro, passe o molho com a varinha mágica. Deixe arrefecer e, só então, utilize na piza.

Molho de tomate para piza

Piza de pera e queijo roquefort

Use um quarto da quantidade da massa base indicada no início deste artigo (pode usar, em alternativa, massa já preparada comercialmente).

Pré-aqueça o forno a 250 ºC (o ideal é 280 ºC, se o forno permitir). Enfarinhe um tabuleiro de piza. Polvilhe generosamente a massa com farinha e coloque numa superfície de trabalho também enfarinhada.

Trabalhe a massa com as mãos, suavemente, dando-lhe a forma pretendida. Transfira para o tabuleiro. Esfarele 125 g de queijo mozzarella e espalhe sobre a massa, deixando uma pequena margem.

Disponha uma pera cortada em fatias muito finas (não é necessário retirar a casca). Esfarele 50 g de queijo roquefort e coloque em alguns pontos sobre a pera.

Espalhe 50 g de bacon e miolo de noz. Dobre ligeiramente o rebordo.

Coza no forno pré-aquecido, 12 a 15 minutos (10 a 12 se usar uma temperatura superior). Sirva  de imediato.

(Fonte: Blogue “My Common Table”)

Piza de pera e queijo roquefort

Piza de quinoa sem glúten

Ligue o forno nos 180 ºC.

Massa: Coloque num processador de alimentos três quartos de chávena de quinoa, uma chávena de água fria, uma colher de chá de fermento, três colheres de sopa de azeite, uma pitada de sal, e triture até obter um creme homogéneo.

Forre uma tarteira ou frigideira com cerca de 30 cm com papel vegetal e pincele com um pouco de azeite.

Verta a massa e leve ao forno durante cerca de 20 minutos, ou até ficar bem dourada.

Cobertura: Numa taça, misture a polpa de dois abacates médios, descaroçados, com o sumo de uma lima e um fio de azeite. Tempere com sal e pimenta.

Barre a base com a pasta de abacate e decore com um mini pepino fatiado, dois rabanetes fatiados, um pequeno queijo fresco light, uma pitada de sal e pimenta. Termine com um fio de azeite, orégãos frescos e coentros também frescos.

(Fonte: Blogue “Faz&Come”)

Piza de quinoa sem glúten

Piza de cogumelos e fiambre

Massa: Peneire 500 g de farinha fina (tipo 45) com uma pitada de sal fino. Junte uma colher de sobremesa de açúcar amarelo, duas colheres de sopa de azeite e 7 g de fermento desidratado. Adicione 350 ml de água morna aos poucos na farinha amassando bem. Coloque num recipiente polvilhado com farinha. Deixe repousar até a massa duplicar de tamanho.

Molho de tomate: Leve ao lume um fio de azeite, dois dentes de alho. Deixe fritar. Junte dois ramos de manjericão e 500 g de tomate em lata. Esmague tudo. Tempere de sal e pimenta. Retire do lume, coe. Ferva novamente até espessar.

Montar a Piza: Abra a massa numa superfície enfarinhada. Cubra com o molho de tomate, 150 g de queijo mozzarella ralado, 100 g de cogumelos e 50 de fiambre.

Leve ao forno a 200 ºC.

(Fonte: DeBorla)

Piza de cogumelos e fiambre

Piza fácil de outono

Cobertura: Num tacho, coloque um pouco de azeite e deixe aquecer um pouco. Leve a alourar uma cebola, partida em meias-luas e dois dentes de alho laminados. Deixe alourar até a cebola ficar translúcida e amarelada. Junte uma cenoura partida em cubinhos, deixe cozinhar um pouco e junte 400 g de abóbora-menina (previamente descascada) partida em cubinhos também.

Tempere com sal, pimenta e cominhos a gosto. Deixe saltear mais um pouco, juntando meia chávena de leite (não deite todo de uma vez, vá acrescentando à medida que vai ficando com pouco líquido). Deixe cozinhar, em lume baixo, até estar bem macio. Retifique os temperos e triture com a varinha mágica ou num robot de cozinha.

Base: Ligue o forno nos 210 ºC. Forre um ou mais tabuleiros com papel vegetal e leve quatro tortilhas ao forno entre três a quatro minutos para ficarem mais estaladiças.

Retire e coloque por cima das tortilhas, espalhando por todo, uma colherada do puré de abóbora. De seguida faça uma camada com fatias de curgete. Espalhe cebola roxa laminada e termine com queijo de cabra ou queijo tipo feta, desfeito em pedaços.

Leve ao forno por dez minutos.

Antes de servir, salpique com pimenta preta acabada de moer e espalhe folhas de rúcula.

(Fonte: Blogue “Lume Brando”)

Piza fácil de outono

Pizas vegetarianas

Pré-aqueça o forno a 200 ºC.

Comece por cortar às rodelas um pimento verde e um vermelho, uma curgete pequena, uma beringela, azeitonas pretas e uma cebola pequena.

Corte uma alcachofra de conserva em quatro partes e lamine um abacaxi já descascado e liberto do veio central

Rale 40 g de Queijo da Ilha e outros 40 g de queijo parmesão.

Estique 300 g de massa para piza, faça um retângulo e com uma folha de papel vegetal por baixo, disponha num tabuleiro.

Com uma faca, faça a divisão da massa em seis quadrados iguais.

Pincele azeite na massa e coloque em cada quadrado, molho de tomate (no total perto de 100 ml).

No primeiro quadrado coloque as alcachofras e o parmesão ralado.

No segundo coloque as rodelas de curgete.

No terceiro disponha as azeitonas, a cebola e as folhas de manjericão.

No quarto coloque o abacaxi e por cima bolinhas de queijo mozarela.

No quinto coloque as rodelas de beringela e o Queijo da Ilha.

E no sexto e último os pimentos.

Polvilhe orégãos sobre as seis porções e leve ao forno entre cinco a sete minutos. Retire e sirva.

(Fonte: Blogue “Saliva”)

Pizas vegetarianas

Piza rústica de salmão fumado e rúcula

Massa: Junte 7 g de fermento seco, uma colher de sopa de açúcar, uma chávena de água morna. Deixe repousar 15 minutos. Numa tigela, ou numa batedeira elétrica com acessório para massas, junte três chávenas de farinha sem fermento, uma colher de chá de sal e duas colheres de sopa de azeite. Adicione a mistura do fermento. Amasse bem. Repousa dez minutos. Findo este tempo, divida a massa em partes iguais, dependendo do número de pizas que vai fazer.

Com as mãos, estique cada uma, dando-lhe o formato e a espessura desejados. Transfira para um tabuleiro de forno forrado com papel vegetal. Faça alguns furos sobre a base com um garfo.

Leve cinco minutos a forno pré-aquecido a 240 ºC e, findo este tempo, retire.

Cobertura: Monte sobre a base pré-cozida, 50 g de queijo creme, 100 g de salmão fumado cortado em pedaços pequenos, 100 g de cebola roxa cortada em meias luas finas e 125 g de queijo mozzarella esfarelado grosseiramente. Regue com um fio de azeite e leve ao forno 12 minutos.

Quando estiver pronta adicione a rúcula.

(Fonte: Blogue “My Common Table”)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.