Quantas vezes se olha ao espelho e percebe algumas ondulações na pele que lhe tira o sono? Estas ondulações são a chamada celulite, que preocupa a maioria das mulheres: cerca de 95%, independentemente da idade. Ainda não há cura para a celulite, como sabemos, mas já existem uma série de tratamentos estéticos para melhorar a sua aparência, e também para reduzir a gordura localizada.

A celulite é também conhecida como lipodistrofia ginóide. É um quadro inflamatório do tecido celular subcutâneo, ou seja, que atinge a gordura que se localiza logo abaixo da pele, principalmente nas coxas e no abdómen. A sua principal característica é a aparência da pele, que apresenta ondulações e, conforme o grau do problema, pode apresentar o aspeto casca de laranja.

Vários fatores são responsáveis e quase todos eles estão ligados ao estilo de vida que a pessoa tem. Entre eles, estão: hereditariedade, ou seja, predisposição genética; alterações hormonais (principalmente dos níveis de estrógenio) e circulatórias; alimentação deficiente; fumo; sedentarismo; uso de pílulas anticoncecionais e tratamentos de reposição hormonal.

A alimentação também tem um papel muito importante na ocorrência desse problema: o consumo exagerado de doces e gorduras favorece a acumulação de gordura subcutânea e, com isso, o aparecimento da celulite e gordura localizada.

Como sempre em toda a abordagem para harmonia corporal, são necessárias técnicas complementares e combinadas. Sabemos, no entanto, que ainda não inventaram nada capaz de fazer milagres e eliminar: gordura localizada, celulite, flacidez. Por isso, geralmente neste tipo de tratamentos oferece-se um protocolo que combina diferentes técnicas organizadas em várias sessões.

Quando se atua em várias frentes, o resultado é sempre mais satisfatório, por isso Eduardo Mata Vilalta, conceituado fisioterapeuta, naturopata, acupuntor, e fundador da escola de Quiromassagem e Medicinas Complementares Esquitem, em Espanha, apresentou em Portugal, o seu método anticelulítico que combina várias técnicas, desde a naturopatia, passando pela acupuntura e pela T.D.R.E.P. uma técnica inovadora que atua no âmbito cutâneo, subcutâneo, nas terminações nervosas e no plano muscular e suas possíveis aderências a nível ósseo, para um resultado surpreendente.

Os 7 Passos essenciais deste tratamento
1.
Anamnesis e protocolo
2.
Avaliação física e morfológica
3.
Técnica Desfibrosante Reflexa e Energética
4.
Quiromassagem
5.
Drenagem Linfática Manual
6.
Acupuntura
7.
Consolidar resultados

Saiba mais na próxima página

1º passo
Anamnesis e definição do protocolo
Avaliação do tubo digestivo, aderências, obstipação, trânsito intestinal, retenção de líquidos, hábitos, entre outros. Nesta etapa é feito um plano dietético baseado na Naturopatia.

O processo
Limpeza e melhoria do trânsito intestinal com a quiromassagem (técnica da limpeza do cólon); fitoterapia (infusões de mate depurativas e laxantes); dietética (estabelecer um protocolo alimentar depurativo para trânsito rápido: verduras cozidas ou cruas, frutas, água (de 1 a 2 litros) eventualmente com suplementos diuréticos; Respiração: avaliação da respiração, atenção à respiração abdominal.

2º passo
Avaliação física e morfológica
Avaliar a tonificação da musculatura esquelética, a rigidez, ou a atrofia muscular, que podem aumentar o risco de uma possível insuficiência venosa/linfática, que provocará a retenção dos detritos metabólicos, dos resíduos celulares, toxinas, o excesso de tecido gordo e celulite, etc.

Osteopatia
Com a Osteopatia melhora-se o movimento articular e a tonificação dos músculos esqueléticos. A osteopatia intervém sobre o sistema neurovegetativo através da componente estrutural, o qual é continuamente perturbado pela agressão da gravidade, pelas alterações físicas que o nosso planeta sofre, sobre a sua estática vertical e pelo seu funcionamento assimétrico.

O Dr. Mennel demostrou que, para além dos movimentos voluntários que provocam uma certa amplitude articular "própria de cada um", há um jogo articular passivo (joint-plae) que, quando desaparece, perturba por sua vez a mecânica articular e o funcionamento do sistema neurovegetativo.

Depois de melhorar o movimento com osteopatia, o profissional certificar-se-á que as articulações e os músculos funcionam ou respondem corretamente, pois a osteopatia é uma terapêutica que tem por objetivo devolver o movimento, e este é a característica do ser vivo.
Constatadas estas questões, há que ter em conta a evolução geral de qualquer patologia provocada por: transtorno funcional; transtorno orgânico; transtorno degenerativo.

3º Passo
T. D. R. E. P. - Técnica Desfibrosante Reflexa Energética Profunda
A T.D.R.E.P. atua no âmbito cutâneo, subcutâneo, nas terminações nervosas e no plano muscular e suas possíveis aderências a nível ósseo. Cumpre uma dupla função, como prova de diagnóstico e simultaneamente como técnica de tratamento.

Saiba mais na próxima página

O desfibrosamento à escala local deteta zonas de congestão, aderências e fibroses; a nível reflexo, as zonas de espessamento subcutâneo coincidem com patologias reflexas. Os seus efeitos são despegar aderências entre as camadas fasciais, tornando o tecido fibrosado esponjoso, produzindo hiperemia e aumento da histamina, hormona que produz a vasodilatação; aumento da permeabilidade capilar, e a participação nas reações inflamatórias e de hipersensibilidade.

4º passo
Quiromassagem
Com as variadas e múltiplas manobras de quiromassagem mobiliza-se o panículo adiposo, ou em caso disso os tecidos moles, adiposidades, etc. Pode ainda recorrer a mais recursos, nomeadamente: termoterapia; talassoterapia; balneoterapia; crioterapia; aromaterapia; e Medicina Tradicional Chinesa.

5º Passo
Drenagem Linfática Manual
Com a Drenagem Linfática Manual auxilia-se na limpeza dos tecidos, ativando a circulação venosalinfática, eliminação de todos os detritos, toxinas etc, que se mobilizam durante a Quiromassagem. Evidentemente, a DLM será alternativamente aplicada com a Quiromassagem.

6º Passo
Acupuntura
A Acupuntura faz parte do conceito curativo da Medicina Tradicional Chinesa que, a cada dia,
adquire maior popularidade entre os médicos e os pacientes da Medicina Ocidental. Transtornos funcionais, entre os quais também se encontram diversas síndromes dolorosas, podem modificar-se mediante um tratamento com acupuntura em todas as suas aplicações: auriculoterapia, reflexologia podal ou cranial, manopunctura, rinopunctura, etc.

Meridianos e pontos podem-se trabalhar com um êxito aceitável com técnicas manuais como a digitopunctura, digitopressão, shiatsu, acupressão, entre outras, de diferentes países e escolas.

7º Passo
Consolidar o resultado obtido
Depois de um tratamento de choque, e consoante as melhoras obtidas, é avaliado como se
pode manter e potencializar, o maior tempo possível, o resultado obtido. Ao iniciar o tratamento, duas sessões por semana são o ideal. Aumentam-se as sessões até que os resultados sejam visivéis e diminuem-se as sessões à medida que estes vão aumentando.
O tratamento pode durar de quatro semanas a um ano, obviamente dependerá da praxis que se aplique, de cada pessoa, e do paciente seguir fielmente o tratamento.

Edição: Patrícia Velez Filipe
Fotografia: Oriflame
Agradecimentos: Eduardo Mata Vilalta

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.