A nutricionista com 15 anos de prática clínica constatou que a fertilidade é uma área em que a intervenção nutricional tem resultados fantásticos.

É a primeira vez que associa estas palavras “nutrição” e “fertilidade”? A verdade é que estes dois temas estão relacionados. Nos países ocidentais a infertilidade afeta 1 em cada 7 casais em idade reprodutiva, o que corresponde a 14% da população.

Muitos casais procuram outras soluções, mas só depois de vários insucessos com a Técnica de Fertilização in Vitro ou com outras técnicas medicamente assistidas é que começam a questionar-se porque não conseguem formar o seu embrião.

Segundo Noélia Arruda, a resposta é simples: é necessário que tanto os óvulos como os espermatozóides estejam nutridos para serem férteis.

A literatura refere que a composição corporal está relacionada com casos de infertilidade, no homem e na mulher. Os hábitos alimentares, os défices nutricionais, o estilo de vida adotado em termos da higiene do sono, a atividade física, os hábitos alcoólicos e tabágicos. Estes hábitos têm um impacto determinante na saúde dos óvulos e na qualidade dos espermatozóides.

É importante que os óvulos e espermatozóides sejam nutridos com antecedência, refere Noélia Arruda, acrescentando que é igualmente relevante perceber se existem reservas nutricionais para se formar um embrião viável e se, essas reservas, possuem nutrientes específicos para que a nidação e a implantação ocorram de forma intensa e eficaz.

Existem alimentos que potenciam a fertilidade, por isso, é crucial trabalhar os pilares da Dieta para a Fertilidade, que está focada nas 4 dimensões do Ser Humano (físico, mental, emocional e espiritual).

Será a nutrição uma solução para a fertilidade?
créditos: Noélia Arruda

Durante a quarentena, Noélia Arruda criou um programa de nutrição para a fertilidade, muito procurado, que decidiu integrar no livro que publicou em abril 2021 - “Manual para a Fertilidade, Gravidez e Amamentação” - onde partilha com os casais estratégias alimentares e de um estilo de vida promissor para conseguirem ter o seu bebé de forma natural.

A nutricionista especializada em nutrição clínica defende uma abordagem holística do tema, onde é importante trabalhar com equipas multidisciplinares - médicos, ginecologistas, obstetras, médicos de fertilidade, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, medicina chinesa, profissionais do exercício físico, de modo a que todos possam contribuir para encontrar estratégias eficazes para a fertilidade.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.