Existe uma relação muito próxima da música com as crianças. É algo que está desde cedo presente desde o nascimento do bebé, com as canções de embalar, as melodias dos brinquedos, passando para as músicas com gestos que os ajudam a desenvolver as capacidades motoras, até ao desenvolvimento da fala.

Deixamos-lhe agora alguns dos benefícios que a música oferece ao desenvolvimento cognitivo, afetivo e psicomotor da criança:

- Ritmo e bem estar: A música ajuda a desenvolver o sentido de ritmo, proporcionando a noção de diferentes ritmos e sons que desenvolvem o sentido de equilíbrio. Como é também uma forma de expressão, os sons e os ritmos provocam uma sensação de bem estar e familiaridade.

- Atenção e concentração: A música estimula a capacidade de foco num estímulo específico, bem como a capacidade de estar atento, seja na letra, nos sons ou nos gestos da coreografia que acompanha a música.

- Articulação das palavras e vocabulário: As músicas com letras ajudam a desenvolver a capacidade de evocação e as competências da fala. Quando as canções tem conteúdos e mensagens, a criança interpreta o que ouve e adquire novos significados, desenvolvendo também o seu vocabulário.

- Memória: Ao tentar decorar as letras e os gestos para depois reproduzir, a música ajuda a estimular a memória.

A música está presente na vida das crianças desde o início e é algo tão natural nas suas vidas, tal como aprender a gatinhar, a andar ou a falar. Por isso, é um instrumento importante para o desenvolvimento das crianças e são vários os benefícios e as vantagens da inclusão de música durante todas as fases de crescimento e aprendizagem da criança.

Por todas estas razões deixe a música tocar...

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.