A 14 de fevereiro, o porta-voz do Príncipe Harry e Meghan Markle confirmou que o casal está à espera do seu segundo filho. Fontes verificam que o bebé deve nascer no final da primavera.

Apesar de se afastar dos deveres reais oficiais, o príncipe Harry permanece em sexto lugar na linha real de sucessão, logo a seguir ao seu pai, o príncipe Charles, seu irmão, o príncipe William, e os três filhos de William.

O segundo filho de Harry e Meghan ficará em oitavo lugar, atrás do seu irmão mais velho, Archie, que atualmente é o sétimo na linha de sucessão ao trono.

A chegada da criança levará o duque de York (Príncipe Andrew) assim como os seus filhos e netos (Princesa Beatrice, Princesa Eugenie e o filho da Princesa Eugenie) para baixo na lista - assim como todos na fila atrás deles.

Meghan e Harry estão atualmente a viver na Califórnia, Estados Unidos. De acordo com a lei deste país, na maioria das situações, qualquer criança nascida nos Estados Unidos ou num dos seus territórios torna-se automaticamente um cidadão americano. É a chamada "birthright citizenship" e é protegida pela 14ª Emenda da Constituição dos EUA, que, na Seção 1, afirma que, "Todas as pessoas nascidas ou naturalizadas nos Estados Unidos e sujeitas à jurisdição deles, são cidadãos dos Estados Unidos e do Estado em que residem".

Isto não inclui crianças nascidas de diplomatas e outras autoridades governamentais reconhecidas de países estrangeiros, uma vez que estas crianças não nascem sujeitas à jurisdição dos Estados Unidos. Os nascidos nos Estados Unidos podem ter cidadania americana para o resto da vida, a menos que seja tomada uma ação afirmativa para renunciá-la.

Devido ao facto de que o príncipe Harry não é mais um colaborador da realeza, a criança, se nascida nos Estados Unidos, obteria a cidadania americana ao nascer. Se nascida fora dos Estados Unidos, a criança, no entanto, obteria a cidadania dos Estados Unidos, pois a sua mãe é uma cidadã americana.

Em outro exemplo de cidadania por descendência, o novo bebé irá tornar-se automaticamente um cidadão britânico, uma vez que o bebé nascerá depois de 1 de julho de 2006 e o Príncipe Harry é um cidadão britânico de nascimento.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.