Em abril, quando a pandemia da covid-19 começou a ganhar força na Europa, a princesa Sofia da Suécia integrou a equipa do Hospital Sophiahemmet, em Estocolmo, na qualidade de voluntária para ajudar no combate ao vírus.

Depois de um curso intensivo, a mulher do príncipe Carl Philip quis dar o seu contributo ao 'vestir a camisola' dos profissionais de saúde e este nobre gesto foi muito aplaudido pelo povo sueco.

Agora, a agência de marketing Consid nomeou Sofia, de 35 anos, para o prémio 'Herói da Covid 2020' pelo trabalho no hospital.

"Sua Alteza Real, a princesa Sofia, é o nosso ícone real, que escolheu colocar a bata branca e trabalhar no epicentro da pandemia de Covid-19. Fortaleceu-se em Sofiahemmet e informou a população sueca da gravidade da pandemia. Foi elogiada em todo o mundo pelas suas contribuições contra o coronavírus", disse a agência em comunicado, cita a revista Hola.

Notícias ao Minuto

Princesa Sofia no Hospital Sophiahemmet, em Estocolmo© Getty Images

Leia Também: Os detalhes do visual de Kate Middleton no Dia do Armistício

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.