Referindo-se ao facto de continuarem a circular nas redes sociais mensagens de pessoas que não acreditam na gravidade da pandemia da Covid-19, Nuno Markl disse: "Isto continua a existir. Também tem uma versão mais moderada: a versão 'todos os anos os hospitais colapsam por esta altura'".

"E não adianta que as pessoas que trabalham nos hospitais e que estão elas próprias à beira do colapso físico e mental, que estão lá dentro horas a fio enquanto estas outras pessoas teclam furiosamente teorias da conspiração no conforto do seu lar, expliquem - com mais paciência do que eu teria, no lugar delas - que não, que isto não é como noutros anos; que isto está mesmo complicado e dramático", acrescentou, afirmando que "as gentes negacionistas acha que o verdadeiro heroísmo está nelas, nos seus posts de rede social e nos seus pueris convívios sem máscara".

"Ser negacionista é a revolução daqueles que nunca fizeram nada de revolucionário nas suas vidas", rematou na sua página de Instagram.

Leia Também: Nuno Markl destaca momento divertido com Bruno Nogueira

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.