Angelina Jolie está a ser processada por alegadamente ter plagiado um texto de um escritor croata para fazer o guião do seu último filme “In the Land of Blood and Honey”, que estreia nos Estados Unidos no dia 23 deste mês.

A atriz assinou o guião e dirigiu o filme, que conta a história de um romance entre uma muçulmana e um soldado sérvio, durante a guerra da Bósnia entre 1992 e 1995.

Segundo o site americano “Radar Online”, o jornalista e escritor croata James J. Braddock alega que escreveu essa mesma história num artigo publicado em 2007, pelo que entrou com um processo contra Angelina Jolie e contra a produtora do filme, a GK Films.

Angelina Jolie confessou-se, numa recente entrevista ao programa “60 minutes”, muito nervosa com a estreia e com receio de que “as pessoas não entendam”.

A atriz disse ainda que contou com a ajuda dos atores, todos da antiga Jugoslávia, para melhorar o filme. “Todos nós conversávamos sobre cada fala, cada cena e assegurávamos que tudo estava correto e verdadeiro. O guião foi feito em grupo”, disse ela.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.