Veganos/as que só têm relações com outros veganas/os existem sim. "Não gostava de ter intimidade com alguém cujo corpo é literalmente feito de corpos de outros seres que morreram para o sustentar", disse uma participante de um estudo conduzido por Annie Potts, doutorada em Filosofia e co-diretora do Centro Neozelandês de Estudos Humano-Animais da Universidade de Canterbury.

"Mesmo que eu achasse a pessoa muito atraente, não ia gostar de me aproximar dela se o seu corpo fosse derivado de carne. Os corpos das pessoas que não são vegan têm um cheiro diferente, mas para mim é sobretudo uma questão de ética sexual", continuou a mulher de 41 em declarações reproduzidas pela revista Visão em outubro de 2019.

Colocada esta introdução, foi a pensar nos vegansexuais que nasceu a aplicação (disponível para Android e IOS) Veggly.

As dez cidades mais 'amigas' dos veganos
As dez cidades mais 'amigas' dos veganos
Ver artigo

"Não há melhor maneira de dar um início a um relacionamento do que saber o que a outra pessoa come e pensa. Partilhem as refeições em paz e divirtam-se, sabendo que concordam com coisas tão importantes como salvar os animais, a saúde e o planeta", pode ler-se no site da app.

Contudo, não é uma plataforma exclusiva para veganos e vegetarianos, acolhendo também pessoas em transição. De fácil utilização, começa-se por definir o perfil, descrição e parâmetros, tal como o género com que mais se identifica para um futuro relacionamento. A pesquisa pode ser também ordenada por localização geográfica.

10 apps que facilitam a vida dos veganos (ou aspirantes)

Quando existe um interesse mútuo, aqui designado por Veg-Match, dá-se início a uma conversa entre as duas pessoas. Tudo isto de forma grátis. A versão premium (gratuita durante o mês de agosto), cujo plano tem um custo mensal de cinco euros, serve para ver quem gostou de nós e usar app sem anúncios.

O Veggly, criado em 2018, encontra-se disponível também em português [do Brasil].

Reino Unido é o melhor país do mundo para namoro 100% vegan

O Reino Unido foi eleito o melhor país do mundo para encontros veganos pelo segundo ano consecutivo. Os Países Baixos ficaram em segundo lugar, seguido de Alemanha e Espanha em quarto.

Atualmente, o Reino Unido tem mais de 45 mil pessoas no Veggly, o que significa que há 685 utilizadores por milhão de pessoas no país. Os Países Baixos estão logo atrás, com 601 usuários por milhão de pessoas.

Estas são as cidades mais 'vegan friendly' de Portugal
Estas são as cidades mais 'vegan friendly' de Portugal
Ver artigo

A Alemanha está em terceiro lugar graças a uma forte base de utilizadores de 46.375, significando que existem 560 pessoas no Veggly por milhão de pessoas no país germânico. A Espanha está em quarto lugar, com 435 por um milhão.

No geral, os Estados Unidos têm o maior número de utilizadores Veggly, com 60.158, mas têm uma população muito maior do que o Reino Unido (328 milhões contra 67 milhões), portanto, fica mais abaixo na lista. O Brasil tem o segundo maior número de usuários em geral, com mais de 51 mil.

Leia também: Quer iniciar-se no vegetarianismo? Dez dicas para começar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.