O estudo, realizado por pesquisadores do King's College de Londres, envolveu 2.035 mulheres, com idades entre os 18 e os 83 anos, que foram questionadas sobre o seu comportamento sexual e desempenho na cama, para além de perguntas que testavam a sua inteligência emocional.

No geral, concluiu-se que a inteligência emocional parece ter um impacto directo na função sexual das mulheres ao influenciar a habilidade delas para comunicar as suas expectativas e desejos sexuais ao parceiro", afirmou Andrea Burri, líder do estudo.

O director do pepartamento de pesquisa do King's College de Londres e co-autor da pesquisa, Tim Spector, acrescentou que "A inteligência emocional é uma vantagem em vários aspectos da vida, inclusive no quarto."

Este estudo pretende ajudar no desenvolvimento de terapias cognitivas e comportamentais para melhorar a vida sexual das mulheres.

26 de Novembro de 2009

Veja ainda:

O jogo dos encontros

O porquê das fantasias

Mulheres mais preocupadas com a saúde enquanto homens com a aparência

Eles mentem e elas também

Os segredos do sexo oposto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.