Se o seu patrão não lhe dá um aumento e não consegue mudar de emprego, faça como Matthew Bredel e arranje mais um.

Matthew Bredel, residente nos
EUA, trabalhava há cerca de dez anos
como engenheiro eletrotécnico
quando um dia percebeu que, para
continuar a pagar as contas, tinha
urgentemente de aumentar o seu salário.


Foi então que decidiu iniciar um part-time, através dos sites de trabalho virtual.
No início não foi fácil, mas gradualmente
foi ganhando experiência e... dinheiro! Em quatro meses ganhou 100 dólares, em
seis meses amealhou mil e, passado um
ano, o part-time já lhe tinha rendido sete
mil dólares. Largou o emprego e desde
então trabalha a full-time a partir de casa.

Versão portuguesa

Os sites de trabalho online são
como uma empresa de recursos humanos
onde empregadores do mundo inteiro
contratam freelancers para desenvolverem
tarefas à distância. Foi através do Freelancer.com, o maior site
deste género, que no verão de 2011 Manuel Filipe, com
54 anos e na pré-reforma, começou a
trabalhar em freelancer. «Comecei como assistente virtual de uma
empresa dinamarquesa.
A principal função era saber
onde comprar papel ao preço
mais baixo», conta.

Ganhava um dólar por hora
e despediu-se quando
encontrou trabalho mais bem
pago. «Devido à feroz
concorrência de países como
Índia, Paquistão, Filipinas e
Vietname, os valores pagos
por hora são muito baixos
para trabalhos de escritório e
de design. As traduções já
deram algum dinheiro, mas com muitos
portugueses e brasileiros desempregados
os preços por palavra caíram a pique.
Até à data terei ganho dois mil euros», revela.

Como ganhar dinheiro online

Ted Bendixson, escritor freelance norte-americano, não só tem sucesso como
trabalhador virtual como desenvolveu um
site, o Tedbendixson.com, para
ajudar outros a consegui-lo. «Existem
muitos trabalhos mal pagos, mas também
se encontram outros bem remunerados. Há que procurar os diamantes no meio da
lama», refere. «Se tem um talento especial
poderá ser muito bem paga por isso.
As áreas melhores remuneradas são asda
escrita e do desenvolvimento de
software», explica.

Estratégias que resultam

A pesquisa de trabalho nestes sites deve ser,
segundo Ted Bendixson, apenas uma parte
da sua estratégia. «Contactar diretamente
as empresas com propostas de trabalho
online e dedicar algum tempo a
desenvolver o seu próprio site pode trazer-lhe muitos lucros. Não foi por acaso que a
saber viver me encontrou através do meu
site», refere. «Sejam pacientes. Os melhores trabalhos
vão para os candidatos com mais
experiência. Se já tem alguma, encontre a
melhor forma de a divulgar através do seu
perfil», acrescenta.

Part-time virtual

Estes são alguns dos principais sites
onde pode trabalhar a partir de casa:

www.freelancer.com
www.elance.com
www.odesk.com
www.vworker.com
www.guru.com

Texto: Vanda Oliveira com Ted Bendixson (escritor freelancer)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.