O que é a Central de Responsabilidades de Crédito?

A Central de Responsabilidades de Crédito ou CRC é uma listagem que centraliza a informação de todos os contratos de créditos em que uma pessoa está envolvida. Não considera apenas os créditos que temos ativos mas, também, alguns que poderemos vir a contrair. Confuso?

Leia também: O que é um crédito consolidado?

Créditos reportados na CRC

A CRC centraliza a informação de um conjunto de créditos:

1. Créditos em curso – Todos os créditos que temos atualmente em curso, independentemente das suas finalidades;

2. Créditos potenciais – Os contratos de crédito que temos em aberto mas que não representam, ainda, uma dívida. Por exemplo, um cartão de crédito com plafond por utilizar;

3. Fiador / avalista – Os contratos em que somos fiadores (particulares) ou avalistas (empresas) são responsabilidades potenciais. Na prática, se o cliente incumprir o contrato original ficamos responsáveis pelo pagamento, pelo que é um crédito potencial.

Como chega a informação à CRC?

Quando assinamos um contrato de crédito, seja contrato ativo, potencial ou fiador / avalista, a instituição financeira ou bancária responsável por esse contrato de crédito comunica o contrato e as suas características ao Banco de Portugal, a entidade reguladora do sistema financeiro.

Quais as informações comunicadas?

As comunicações ao Banco de Portugal são bastante completas e a centralização dos dados permite fazer uma correta avaliação de riscos e de responsabilidades. Aliás, ao assinar um contrato de crédito dá ao banco ou à instituição financeira responsável pelo crédito, a autorização para ter acesso às informações do seu mapa de créditos. Podemos destacar alguns dados relevantes que são comunicados:

  • Tipo de responsabilidade;
  • Produto financeiro ou tipo de crédito;
  • Tipo de negociação, onde se inclui as renegociações;
  • Dada de início e data de fim;
  • Número de intervenientes no contrato;
  • Montante em dívida;
  • Eventuais incumprimentos, vencidos e abatidos ao ativo;
  • Prestação mensal.

Porque é a CRC conhecida como lista negra do Banco de Portugal?

Como referimos, a CRC é muitas vezes conhecida como a lista negra do Banco de Portugal e não é por acaso. Na secção anterior falámos da informação que é comunicada e incluem-se aqui os montantes em dívida. Se existe algum incumprimento, o montante em dívida é sombreado a cinza. Por outro lado, se temos este sombreado negro, não podemos ter acesso ao crédito, representando uma lista negra para quem quer pedir crédito.

Como consultar a sua CRC?

O mapa CRC é algo a que podemos ter acesso sempre que quisermos e sem qualquer custo, bastando para tal aceder ao site do Banco de Portugal e seguir os passos:

  1. Escolher o mês e o ano;
  2. Aceitar a política de dados pessoais;
  3. Selecionar um modo de autenticação, sendo mais comum o acesso com os dados do Portal das Finanças;
  4. Autorizar;
  5. De seguida, o ficheiro é-lhe disponibilizado em formato PDF.

Do exposto, concluímos que o mapa de créditos do Banco de Portugal é uma listagem que centraliza as informações dos contratos de crédito em que estamos envolvidos. Assim, quem tem um crédito tem a informação reportada junto do Banco de Portugal, quer cumpra ou não os contratos.

Leia também: Como otimizar os seus créditos em 3 passos

O que fazer com esta informação?

A informação dos créditos que temos em nosso nome é fundamental para uma correta gestão das nossas finanças pessoais. Adicionalmente, é uma ferramenta indispensável para otimizar os seus créditos, por exemplo, através da consolidação de créditos. Ao consolidar créditos está a juntar os vários créditos num único, reduzindo a sua prestação total através da possível redução da taxa de juro, das comissões associadas aos vários créditos e/ou do alargamento do prazo. Por que não conhecer em maior detalhe as características e potencialidades do crédito consolidado, simulando o seu crédito?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.