Além de ser uma época de partilha e entreajuda, a quadra natalícia é também uma altura de despesas significativas, que podem facilmente atingir níveis críticos se não forem tomadas algumas precauções.

Neste sentido, o Cetelem revela 8 dicas essenciais para as famílias que pretendem ser mais solidárias e, ao mesmo tempo, poupar algum dinheiro.

1. Defina um orçamento para o Natal

O Natal é uma época simbólica e não deve contribuir para o sobre-endividamento. Por isso, nada melhor do que começar por fazer as contas para determinar quanto pode gastar nesta altura do ano.

Lembre-se de que, além das prendas de Natal, deve considerar também os custos com as decorações, as deslocações e as refeições, como a Consoada e o almoço de Natal.

Além disso, não se esqueça de incluir as despesas com jantares de Natal de amigos ou da empresa.

2. Planeie as prendas de Natal

Para manter o orçamento controlado, faça uma lista com o nome das pessoas a quem pretende oferecer um presente neste Natal.

Pode também implementar iniciativas como o amigo secreto, que ajudam a reduzir a quantidade de prendas a comprar, ou oferecer presentes em conjunto com amigos ou familiares, o que também permite a todos os envolvidos poupar mais um pouco.

3. Ofereça presentes solidários

Criada a lista de prendas, aproveite para comprar presentes solidários, em que uma parte valor é revertido a favor de iniciativas de solidariedade. Assim, além de presentear aqueles que mais gosta, vai também ajudar quem mais precisa.

Algumas ideias incluem os Presentes Solidários da FEC (Fundação Fé e Cooperação), o pack 5 estrelas ou os vouchers da Make-a-wish Portugal, os Miminhos Solidários das Aldeias SOS ou a Agenda Solidária da Animais de Rua – que têm como objetivo ajudar famílias necessitadas, promover o desenvolvimento de comunidades ou proporcionar tratamento médico de animais abandonados.

Como estas, existem muitas outras iniciativas solidárias que pode apoiar nesta altura do ano. Além de ajudarem os mais carenciados, estes presentes também costumam ficar bastante em conta.

4. Faça os seus presentes de Natal

Fazer os seus próprios presentes de Natal é outra forma de poupar nesta época festiva. Para oferecer uma boa prenda, só precisa de ter alguma criatividade e levar em consideração aquilo de que as pessoas realmente gostam.

Uma simples moldura com uma fotografia impressa, um frasco de vidro com bolachas ou um suporte em macramé para quem gosta de plantas podem ser boas alternativas.

Se precisar de mais inspiração, o YouTube está repleto de tutoriais que o podem ajudar.

5. Alugue um Pinheiro Bombeiro

Se gostava de ter um pinheiro verdadeiro na sua casa, a iniciativa Pinheiro Bombeiro pode ser uma boa solução. Esta iniciativa da startup portuguesa Rnters permite alugar pinheiros naturais, que são cortados com o objetivo de limpar o terreno e prevenir incêndios, contribuindo com cinco euros para a compra de material profissional para os bombeiros voluntários.

Desta forma, além de ter um pinheiro de Natal verdadeiro a um custo bastante acessível, ainda vai estar a ajudar o ambiente e a apoiar os bombeiros.

6. Reutilize os embrulhos e decorações de Natal

Uma forma fácil de poupar algum dinheiro neste Natal e de o tornar mais sustentável é utilizar as mesmas decorações do ano anterior.

Isto aplica-se não só às decorações para a casa, como também aos papéis de embrulho, laços, fitas e sacos de presentes que conseguiu guardar no Natal passado.

7. Compre online

As compras online são uma boa opção, porque permitem comparar preços facilmente, pelo que mais rapidamente consegue adquirir algo por um valor mais baixo. Aproveite as campanhas promocionais e os códigos de desconto e tenha atenção aos prazos de entrega.

8. Doe tempo

Nesta época de partilha, uma ótima forma de ajudar alguém, sem grandes custos, é doar o seu tempo. Ofereça-se para fazer compras, ir à farmácia ou fazer outros recados a familiares ou vizinhos idosos ou de risco.

Pode também surpreendê-los com uma refeição quente ou mesmo um cabaz de Natal, se precisarem.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.